Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Papo de Família

Papo de Família

Colunista

Importância do pai na educação dos filhos

| 07/08/2021, 10:26 10:26 h | Atualizado em 07/08/2021, 10:27

Assim como a mãe, o pai tem um papel muito importante na educação dos filhos. A presença do pai na vida dos filhos dará uma sensação de proteção e cuidado, contribuindo para a estruturação de sua personalidade. As regras e normas de condutas estabelecidas pelos pais tornarão os filhos indivíduos honrados e focados no seu crescimento pessoal.

Pais envolvidos com a educação dos filhos os tornam menos propensos à delinquência e baixo desempenho escolar. Sua presença é essencial para o desenvolvimento emocional, cognitivo e relacional de uma criança. Mesmo na ausência do pai biológico, o pai substituto poderá desempenhar muito bem esse papel.

A segurança estabelecida na relação pai e filho criará alicerces importantes para a formação do indivíduo. Um adolescente bem orientado pela presença paterna em sua vida poderá fazer melhores escolhas que lhe proporcionará um futuro mais promissor.

Um bom pai saberá educar seus filhos para um bom caminho. Ele saberá direcioná-los aprovando ou desaprovando seus comportamentos no devido momento, propiciando um aprendizado para a vida.
As mães também têm um papel importante na educação dos filhos, contudo são estilos e abordagens diferentes na comunicação e interação familiar. A presença do pai pode ajudar as crianças a se sentirem mais seguras e expandirem suas experiências pelo mundo ousando caminhar por outras estradas e caminhos desconhecidos.

Quando o pai não é presente, sua ausência poderá desencadear no filho um sentimento de insegurança e de abandono. Algumas crianças poderão apresentar um comportamento agressivo ou de apatia. Outras poderão ter problemas de aprendizagem com um rendimento escolar ruim e dificuldade em seguir regras.
Mesmo assim, isso é algo que pode ser corrigido. A ausência de um pai pode ser substituída por qualquer pessoa que irá caminhar com aquela criança até a idade adulta.

Muitos pais sentem dificuldades em estarem presentes na vida dos filhos. Uns pela sobrecarga de trabalho fora de casa, outros por não terem esse espaço afetivo garantido dentro de casa. E há também aqueles que não sabem como se aproximar do filho porque eles mesmos não tiveram pais presentes em suas vidas.

Sugestões para os pais que querem se aproximar dos filhos:

  • Dê atenção ao seu filho desde pequeno. Descubra formas de ajudar e de se relacionar com sua criança, dando banho, trocando fraldas ou colocando para dormir.
  • Se interesse pelas coisas que ele faz no dia a dia. Procure saber quem são seus colegas, do que ele gosta de brincar e onde gosta de ir. Há pais que não sabem nada da vida do seu filho. Isso dificultará o estabelecimento de um ponto de diálogo.
  • Mantenha o canal de comunicação aberto. Procure saber do que ele gosta ou não gosta. Faça perguntas e responda atentamente quando ele te perguntar algo ou quiser te contar um caso. Demonstre interesse por ele. Saiam juntos de vez em quando. Mesmo que fique um pouco forçado de início. Com o tempo se sentirão mais à vontade.

Feliz Dia dos Pais.

MATÉRIAS RELACIONADAS