Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Painel

Painel

Colunista

Folha de São Paulo

Pen drive

Coluna foi publicada nesta quarta-feira (17)

Painel da Folha de São Paulo | 17/01/2024, 11:17 11:17 h | Atualizado em 17/01/2024, 11:19

Imagem ilustrativa da imagem Pen drive
Arcebispo de São Paulo, o cardeal dom Odilo Scherer encaminhou ofício ao presidente da Câmara Municipal da capital solicitando o envio das “denúncias de extrema gravidade” que o vereador disse ter recebido a respeito do padre Júlio Lancellotti, da Pastoral do Povo da Rua |  Foto: Divulgação / Agência Brasil

Arcebispo de São Paulo, o cardeal dom Odilo Scherer encaminhou ofício ao presidente da Câmara Municipal da capital, Milton Leite (União Brasil), solicitando o envio das “denúncias de extrema gravidade” que o vereador disse ter recebido a respeito do padre Júlio Lancellotti, da Pastoral do Povo da Rua. O vereador Rubinho Nunes (União) tem articulado para fevereiro a instalação de uma CPI, da qual o pároco seria o principal alvo.

Tête-à-tête

Leite disse à coluna Mônica Bergamo que encaminharia as acusações que recebeu ao Ministério Público de São Paulo, à CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil) e ao Vaticano, mas não revelou o teor do material. Leite afirma ao Painel que já pediu reunião com o cardeal para a entrega do conteúdo.

Quero saber

Em nota, Arquidiocese confirma ter enviado o ofício e acrescenta que “desconhece o teor das supostas acusações mencionadas pelo vereador e lamenta não ter sido informada devidamente a seu respeito”.

Rivalidade

O ex-deputado Aldo Rebelo afirma que não tem como apoiar Guilherme Boulos (Psol) na disputa pela Prefeitura de São Paulo, contrariando posicionamento do PDT, partido ao qual é filiado e que na semana passada declarou apoio ao parlamentar.

Impedimento

Na terça-feira (16), Rebelo reuniu-se com o prefeito Ricardo Nunes (MDB), pré-candidato à reeleição, com quem tirou fotos. “Eu era ministro do Esporte e ele (Boulos) era o líder do Não Vai Ter Copa, um movimento que promovia quebra-quebra, sabotagem da Copa. Não tenho como apoiar uma pessoa dessas, não tenho condições”, afirma o pedetista.

Área…

O PT tem a meta de triplicar o número de prefeitos em Santa Catarina na eleição de 2024. O partido reconhece que não teve capacidade de dialogar com a população do estado em alguns momentos, diz o vice-presidente do partido em Santa Catarina, Vitor Siqueira.

…hostil

Em 2020, o partido elegeu 11 prefeitos em Santa Catarina, e o objetivo neste ano é de conquistar de 20 a 30 prefeituras, afirma Siqueira.

Por que não…

O ministro Celso Sabino (Turismo), presidente estadual do União Brasil no Pará, reuniu-se com dirigentes locais de Republicanos e PP para discutir o impacto da estudada federação entre os partidos nas eleições municipais do estado.

…você?

Um dos temas abordados foi a Prefeitura de Belém – Sabino chegou a ser apontado como potencial candidato ao cargo, ocupado hoje pelo psolista Edmilson Rodrigues.

Não…

A Contag, confederação representativa de trabalhadores rurais, acionou o STF contra lei sancionada pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), que estabelece ações para identificação e aplicação de penalidades a pessoas que estejam em “ocupação ilícita” nas margens de rodovias estaduais ou federais do estado.

…passará

Na petição, a Contag afirma que a lei é inconstitucional, estimula ações contra acampamentos montados por movimentos sociais para reivindicar acesso à terra e atenta contra a liberdade de manifestação. Segundo cálculo da Comissão Pastoral da Terra, mais de 3.000 famílias vivem em 51 acampamentos nas margens de rodovias em Goiás.

Alerta

Em nota, o Departamento de Mediação e Conciliação de Conflitos Agrários do Ministério do Desenvolvimento Agrário manifestou preocupação com o potencial de “acirramento de conflitos agrários” que a lei pode gerar.

Menos…

Em 2023, Geraldo Alckmin reduziu 75,34% das despesas administrativas da Vice-Presidência em relação ao ano anterior, e 64,12% na comparação com a média dos quatro anos da gestão passada (2019-2022). Seu antecessor no cargo foi o atual senador Hamilton Mourão (Republicanos-RS), que foi vice de Jair Bolsonaro (PL).

…é mais

As despesas administrativas incluem gastos com energia elétrica e fornecimento de água e esgoto ao Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente, diárias de servidores e passagens aéreas. O corte de despesas aconteceu também por enxugamento em 37,2% do quadro de pessoal.

Atrasados

Quase uma semana após a data final estabelecida para adoção da Carteira de Identidade Nacional, Amapá e Roraima seguem sem dar prazo para adotar o documento de identificação com padrão unificado, enquanto a Bahia informou ao governo que fará isso a partir de junho.

Meta

O governo tinha dado até 11 de janeiro para incorporação da nova carteira, que busca melhorar os cadastros do governo, reduzir fraudes e ampliar a segurança da identificação de cidadãos.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

SUGERIMOS PARA VOCÊ: