Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Painel

Painel

Colunista

Folha de São Paulo

Marselhesa

Coluna foi publicada no sábado (30)

Painel da Folha de São Paulo | 01/04/2024, 12:04 12:04 h | Atualizado em 01/04/2024, 12:04


Imagem ilustrativa da imagem Marselhesa
Emmanuel Macron esteve com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, a criticou os atos golpistas de 8 de janeiro de 2023 |  Foto: Reprodução / Facebook

O presidente da França, Emmanuel Macron, disse ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), em reunião na última quinta-feira (28), que as pessoas que acreditam na democracia ao redor do mundo acompanharam e criticaram os ataques de 08 de janeiro de 2023.

O francês agradeceu às autoridades por terem resistido aos atentados. O assunto foi trazido à tona por Pacheco, que mostrou a galeria com imagens dos ex-presidente do Senado, dizendo que ela foi danificada pelos golpistas.

Riviera

Na conversa, o presidente do Senado defendeu o acordo Mercosul-União Europeia, mas disse que respeitava posições divergentes, como a de Macron. O francês em resposta disse que o acordo precisa ser modernizado por não contemplar a descarbonização. Ao final, Pacheco citou que estava na França no 08 de janeiro em férias e teve que voltar às pressas ao Brasil. Macron disse esperar que o presidente do Senado possa retornar ao país em momento mais aprazível.

Recado

O Grupo de Puebla, composto por dirigentes latino-americanos de esquerda, divulgou nota em que pede a “máxima participação política possível” na eleição presidencial na Venezuela e saúda a inscrição de candidatos de oposição ao regime de Nicolás Maduro. Ao mesmo tempo, condena a imposição de sanções ao país. Entre os brasileiros membros estão Lula, Fernando Haddad, Aloizio Mercadante e Gleisi Hoffmann.

Boca de siri

Outro grupo, o Foro de SP, que reúne partidos de esquerda do continente e tem o PT como um dos principais atores, se mantém por enquanto em silêncio sobre o agravamento da crise política na Venezuela.

Tribo

A Comissão de Anistia convidou a ministra Sonia Guajajara (Povos Indígenas) e a presidente da Funai, Joenia Wapichana, para participarem da sessão na próxima terça-feira (02), em que ocorrerá a primeira reparação coletiva da história do país a povos indígenas perseguidos na ditadura. Na ocasião, haverá reconhecimento de perseguição aos krenak e aos guyraroká.

De olho

A ministra Simone Tebet (Planejamento) sugeriu que o governo faça uma campanha para dar mais força ao cumprimento da nova lei que estabelece a igualdade salarial entre homens e mulheres no desempenho da mesma função. A ideia foi citada por ela em conversa na última semana com Lula, Janja, parlamentares mulheres e outras ministras no Palácio da Alvorada. A norma foi aprovada pelo Congresso e sancionada pelo petista no ano passado.

Já vai tarde

O presidente nacional do PSDB, Marconi Perillo, diz que a debandada dos oito vereadores do partido em SP é consequência de um “fisiologismo barato, resultado da frágil legislação eleitoral e partidária que permite isso, um dos grandes males políticos do Brasil”. “O PSDB quer ao seu lado políticos preocupados com políticas públicas e não com cargos”, afirmou, em referência ao apoio dos vereadores ao prefeito Ricardo Nunes (MDB).

Familiar

Irmão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), Angelo Bolsonaro tornou-se réu neste mês após ter sido denunciado pelo Ministério Público de SP por homofobia e ameaça contra um funcionário de supermercado. O caso teria acontecido em agosto de 2023, em Eldorado (SP), cidade que é reduto eleitoral da família.

Outro lado

O empregado teria sido chamado de “viadinho” e “arrombado” após uma discussão. Em sua defesa, Angelo negou preconceito e disse que houve um entrevero no local por ter sido mal atendido. Procurado pelo Painel, ele não quis comentar o assunto.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

SUGERIMOS PARA VOCÊ: