Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Painel

Painel

Colunista

Farpas

| 07/03/2021, 10:25 10:25 h | Atualizado em 07/03/2021, 10:38

O inquérito dos atos democráticos virou palco de atrito entre a Polícia Federal e a Procuradoria-Geral da República.

O último desentendimento, exposto nos papéis, girou em torno do pedido, revelado pelo Painel, da autoridade policial de busca e apreensão na casa de Fabio Wajngarten, ainda secretário do governo Bolsonaro, e na Secretaria de Comunicação. A PGR se manifestou contra a medida, e a PF sugeriu falta de coerência do órgão e ausência no ímpeto demonstrado no início da apuração.

Somos um...
O argumento da PF se refere ao fato de a PGR ter solicitado dias antes buscas contra deputados, ativistas, jornalistas e apoiadores do presidente, mas ter sido contra as ações na Secom e em cima de Wajngarten. A leitura na polícia é a de que a procuradoria diminuiu o ritmo pela proximidade dos alvos com o Palácio do Planalto.

...Caso sério
Agora, a disputa nos bastidores é sobre o relatório entregue pela PF em dezembro com o resumo das diligências. A PGR entende que a delegada não encontrou provas dos crimes investigados. A polícia entende que não avançou sobre uma parte, até por falta de apoio da procuradoria, e que há outros crimes a serem investigados.

Meia...
Após reunião com representantes do governo de Goiás na última quinta-feira, o MPF no estado publicou uma nota em que diz que a gestão Ronaldo Caiado (DEM) se comprometeu a revisar seus protocolos de atendimento para a Covid-19.

...Palavra
Como o MPF-GO tem divulgado nos últimos dias nota técnica que defende cloroquina, médicos que defendem esses remédios sem eficácia passaram a comemorar a suposta adoção do “tratamento precoce” em Goiás.

Basta!
A secretaria de Saúde nega, no entanto. “Em nenhum momento foi falado de atualização incluindo uso de medicamento que não tem nenhum tipo de validação científica e que tem contra-indicação pela Sociedade Brasileira de Infectologia”, diz Ismael Alexandrino, titular da pasta.

Na mira
Depois de João Doria (PSDB-SP), agora o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), virou alvo de críticas de bolsonaristas por causa das medidas restritivas tomadas para frear o avanço da Covid-19.

Fogo
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) disse que o governador é “exterminador de empregos”.

Agora...
O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, avisou conselheiros que vai convocar para terça-feira sessão extraordinária do plenário da entidade para tratar de omissões de Bolsonaro na pandemia. A expectativa de integrantes é a de que o impeachment seja o tema da reunião.

...Vai
“Peço que todos coloquem em suas agendas, saíra convocação”, escreveu Santa Cruz em um grupo de aplicativo de mensagens. O plenário da OAB foi a instância da entidade que pediu o impedimento de Fernando Collor, Dilma Rousseff e Michel Temer.

Tá bom
O deputado Delegado Olim (PP) defende que a suspensão de quatro meses para Fernando Cury (Cidadania), que apalpou a colega Isa Penna (PSOL) em plenário, foi “uma boa pena”.

Menos
Olim foi um dos cinco do Conselho de Ética da Alesp que votaram por punição mais branda que a prevista no relatório de Emídio de Souza (PT), de seis meses.

Desculpa
“As urnas vão mostrar até quanto... Até porque ele é do interior. Ali já vai ser a pena dele. A moral, a família. Já tá lá embaixo. Ele se abriu, falou, mostrou tudo o que aconteceu. Ele pediu perdão. Quem não peca? Foi abusado? Foi. Agora vai pagar”, diz o deputado estadual do PP.

Passe...
Ciro Gomes e o presidente do PDT, Carlos Lupi, compartilharam em suas redes sociais uma postagem em que Marcelo Freixo (PSOL-RJ) critica a condução do combate à pandemia por Jair Bolsonaro. O deputado está sendo cortejado pelo PDT, mas também por PT e PCdoB.

...Disputado
Freixo diz que seu foco é buscar a unidade do campo progressista. “Todos entendem que 2022 será muito decisivo para o futuro do País. O Rio de Janeiro passa por um momento muito grave. Acho que entendem que tenho um papel importante no Rio”, afirma ao Painel.

Tiroteio

“Este mal-estar só virará arrependimento quando o Brasil estiver próximo de 500 mil mortes”.

De Marco Aurélio de Carvalho, do grupo Prerrogativas, sobre FHC ter dito que sente “certo mal-estar” por não ter votado em Haddad em 2018.

MATÉRIAS RELACIONADAS