Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Gilmar Ferreira

Colunista

Gilmar Ferreira

Thiago e mais três

| 18/08/2021, 09:38 09:38 h | Atualizado em 18/08/2021, 12:16

O Flamengo acertou a contratação do volante Thiago Mendes, de 29 anos, do Olympique Lyon. Pagará um milhão e euros pelo empréstimo de um ano (R$ 6,2 milhões) e negocia o pagamento de para tê-lo em definitivo ao final do contrato. O jogador vinha forçando a barra para voltar ao Brasil e já não correspondia nos gramados – chegando a ser considerado o pior do time no 1 a 1 com o Brest, na estreia do Lyon, no Campeonato Francês. Hoje, os representantes dos rubro-negros oficializam a operação.

Na derrota por 3 a 0 para o Angers, no último sábado, Thiago Mendes voltou para o banco de reservas, entrando no segundo tempo no lugar de Lucas Paquetá. Sua atuação voltou a ser criticada e o prestígio com o técnico holandês Peter Bosz azedou de vez.

Ontem ele foi afastado do elenco e informado sobre o fechamento da operação com o Flamengo. Revelado pelo Goiás e vendido ao São Paulo em 2015, o maranhense transferiu-se para o Lille, da França, em 2017, e dois anos depois chegou ao Lyon.

No time então dirigido por Sylvinho, hoje técnico do Corinthians, e gerenciado por Juninho Pernambucano, Thiago Mendes não conseguiu se firmar como titular absoluto. Brigava por vaga com o também brasileiro Bruno Guimarães, campeão olímpico em Tóquio, e com o argelino Houssem Aouar, revelação do próprio Lyon.

Na temporada passada, ganhou a concorrência de Lucas Paquetá, comprado ao Milan por 20 milhões de euros, e passou a andar às turras com o treinador.

Thiago é apenas um do pacote de reforços do Flamengo para a janela de inscrições que fecha no final do mês. O clube já fechou o empréstimo do atacante Kennedy (ex-Fluminense), junto ao Chelsea; negocia detalhes para a vinda do atacante Andreas Pereira, do Manchester United; e tanta a vinda do zagueiro Lyanco (atualmente no Torino), que jogou com Thiago Mendes e Rodrigo Caio no São Paulo.

Uma renovada no elenco que briga com grandes chances de conquista nas competições em disputa.

Falência

Executado em mais de R$ 90 milhões por causa de dívidas trabalhistas, o Vasco não descarta a possibilidade de um pedido de recuperação judicial.

O tema vem sendo discutido a sete chaves e é, para alguns, a única saída para o clube. O movimento é uma concordata comum em negociações entre empresas em situação falimentar e seus credores.

MATÉRIAS RELACIONADAS