Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Coluna do Estadão

Coluna do Estadão

Colunista

Tucanos: direita liberal, ecológica e democrática

| 07/12/2019, 10:16 10:16 h | Atualizado em 07/12/2019, 10:20

O texto do PSDB a ser apresentado neste sábado (7) no congresso do partido em Brasília indicará alinhamento ao governo na economia, mas a palmos de distância do “bolsonarismo raiz” em questões de costume, democracia e meio ambiente.

Os tucanos são liberais (mais de 90% de apoio às privatizações), mas, quando questionados se o governo deveria ditar normas de costumes, cerca de 75% disseram que “não”, indica pesquisa com delegados. No meio ambiente, mais de 90% avaliam que o País deve manter compromissos de redução da emissão de gases.

Help! Na contramão do governo, cerca de 70% dos tucanos acham que o Brasil deveria aceitar ajuda financeira de outros países para conservação de biomas.

Novos... A pesquisa foi feita nas plataformas digitais do partido e deve ditar o perfil da legenda nos próximos anos do PSDB, que sonha descer do muro e ser uma direita “clean”, de natureza democrática.

...tucanos. O nome do documento será “Acima de tudo, a Democracia”. “Jamais admitiremos qualquer tentativa de retorno aos tempos sombrios do autoritarismo”, diz um trecho.

CLICK. O ex-governador do ES e braço direito de Luciano Huck, Paulo Hartung, esteve no Ministério da Economia nesta semana, palestrando sobre o equilíbrio de contas.

TV... A presidente do PSDB Mulher, Yeda Crusius (RS), apresentou ontem a estratégia das tucanas para eleger mais mulheres em 2020, que inclui um EAD (ensino a distância) para as mais de 10 mil candidatas que disputarão as eleições municipais

...Mulher. As tucanas lançaram carta programática com foco no combate à pobreza e à desigualdade. Ex-ministras do governo FHC, como Wanda Engel, do Cadastro Único que viabilizou a implantação do Bolsa Família, foi consultada.

Copo meio cheio... O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, elogiou à Coluna o pacote anticrime aprovado na Câmara nesta semana: “O saldo geral é positivo, perto do que poderia vir”.

...meio vazio. Para ele, foram retirados os pontos “mais graves”, como o excludente de ilicitude. Em dois pontos, Santa Cruz foi mais duro: a execução antecipada da pena no júri e interceptação no parlatório. Promete questionar na Justiça, se forem mantidos.

Até tu? O imbróglio em torno do pagamento das emendas, dívida da votação da Previdência, respingou até em um dos membros favoritos do governo no Congresso: o secretário de Previdência, Rogério Marinho.

Chapa quente. Líderes do Centrão alegam que ele não teria apresentado os números corretos à época da reforma da Previdência e, por isso, agora está difícil confiar nas negociações de outros projetos. O movimento foi visto por interlocutores próximos ao secretário como tentativa de fritá-lo na luta por emendas.

Com a palavra. À Coluna, Marinho disse que os dados sobre os impactos de mudanças feitas durante a análise da Previdência foram todos “publicizados”.

Tesouradas. O gabinete de Tiago Mitraud (Novo-MG) economizou R$ 1,6 milhão na verba da cota parlamentar. O deputado contratou uma equipe enxuta de assessores e abriu mão de auxílios e benefícios.

Dica. “Quero mostrar que é possível entregar resultados gastando muito menos do dinheiro do cidadão”, disse o deputado.

PRONTO, FALEI!

"Tem militante ecológico que reclama do aumento do preço da gasolina e líder em defesa dos direitos dos animais que reclama do preço da carne”

Cristovam Buarque, ex-senador

MATÉRIAS RELACIONADAS