Login

Imagem ilustrativa da capa de fundo do colunista Andreza Matais e Marcelo de Moraes

Coluna do Estadão

Imagem do colunista Andreza Matais e Marcelo de Moraes

Andreza Matais e Marcelo de Moraes

Dirigentes alertam para “risco Pazuello” nas PMs

24/08/2021 09:07:09 min. de leitura

Presidentes de partidos ouvidos pela Coluna são unânimes em afirmar que foi correta a postura adotada pelo governo paulista de afastar imediatamente o coronel da PM Aleksander Lacerda. Segundo eles, o campo democrático precisa responder à altura às ameaças de ruptura na ordem institucional, punindo e expondo casos em que limites foram extrapolados.

Eles alertam para o “risco Pazuello”: o temor de que militares da ativa em corporações de polícia e Forças Armadas passem a se manifestar partidariamente, uma transgressão de disciplina.

Narrativas. Para os dirigentes, a razão da “contaminação” das corporações tem nome: Jair Bolsonaro. “É o papel a que se presta o presidente. Essa direita que estava no armário será um grupo de inocentes úteis se forem nessa linha (de rasgar a Constituição)”, diz Carlos Lupi, presidente do PDT.

Olho… Segundo Luciano Bivar (PSL), partidos devem estar vigilantes quanto à cooptação das polícias. “Executivas nacionais têm a obrigação de externar o alarmismo dessa onda. A preocupação é grande.”

…vivo. Carlos Siqueira (PSB): “É preocupante quando líderes de instituições que a rigor deveriam servir ao Estado se transformam em militantes”.

A beleza da… Para Eduardo Ribeiro (Novo) e Gleisi Hoffmann (PT), é preciso reforçar a defesa da Constituição diante da postura de Bolsonaro e seus seguidores, em sentido oposto.

…democracia. “Temos que reforçar a ideia de que existe uma linha que não pode ser cruzada”, diz Ribeiro. “Não podemos colocar em risco as conquistas da Constituição”, diz Gleisi.

Para lembrar. O general Pazuello subiu em carro de som com Jair Bolsonaro. E ficou por isso mesmo.

É o botão, estúpido! De um sábio: os ruídos verdadeiramente importantes da semana passada ocorreram entre Arthur Lira e Paulo Guedes e entre o presidente da Câmara e os “bolsominions”, que o atazanaram nas redes sociais. Como se sabe, trata-se do homem do “botão amarelo”.

Ainda… O deputado Marco Bertaiolli (PSD-SP) acha que a reforma do IR ainda não está enterrada: “É preciso que o governo mostre cálculos e se articule”.

…pulsa. A Associação Brasileira das Companhias Abertas se encontra com a Frente Parlamentar de Empreendedorismo para marcar posição sobre a reforma do IR. Querem retomar a alíquota do imposto da pessoa jurídica para 21,5%.

CLICK. A cantora Fernanda Abreu fez alerta após ter sido imunizada contra a covid-19, no Rio: “A pandemia não acabou, use máscara, tome a segunda dose!”, disse.

Guerra. A inclusão do presidente do STJD, Otavinho Noronha, e do vice administrativo, Felipe Beviláqua, na mais recente denúncia contra Rogério Caboclo causou constrangimento na Justiça Desportiva.

Guerra 2. Após a denúncia protocolada por uma funcionária, um ex-colaborador da CBF ingressou com pedido de investigação na entidade relatando a existência de áudio que sugeriria negociação dela com o grupo de Marco Polo Del Nero, ex-presidente da entidade banido do futebol.

Pronto, falei!

Jornais mostram bares, praias e restaurantes cheios em São Paulo. Como podem as universidades públicas estarem fechadas? Absurdo.”

Janaina Paschoal, deputada estadual (PSL-SP)