Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Colunista

Cláudio Humberto

Senado votará PEC das drogas só após STF “legislar”

Coluna foi publicada nesta terça-feira (05)

Cláudio Humberto, com colaboração de Rodrigo Vilela e Tiago Vasconcelos | 05/03/2024, 10:55 10:55 h | Atualizado em 05/03/2024, 10:55

Imagem ilustrativa da imagem Senado votará PEC das drogas só após STF “legislar”
Senado deve votar PEC das drogas após "legislação" do STF |  Foto: Roque de Sá / Agência Senado

O relator da PEC que criminaliza o porte de drogas, Efraim Filho (União-PB), definiu a estratégia para derrubar entendimento criativo do Supremo Tribunal Federal (STF) que ameaça afrouxar a lei. Efraim se reúne nesta terça-feira (05) com o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Davi Alcolumbre (União-AP).

“A tese que vou defender é aguardar decisão e entender o alcance para definir os limites de atuação da PEC, tanto no que diz respeito à posse quanto ao porte”, disse o relator à coluna.

STF “legislando”

Márcio Bittar (União Brasil-AC) diz que há sentimento no Senado de que o STF invadiu prerrogativa da Casa, “acho que a gente vence essa matéria”.

Legalização é o caos

“É tornar esse país uma zumbilândia, uma cracolândia gigante”, alerta o senador Styvenson Valentim (Pode-RN), policial por 16 anos.

Suspeição de Barroso

Eduardo Girão (Novo-CE) diz que o processo corre “de forma sorrateira” no STF e pede suspeição do seu presidente, Luís Roberto Barroso.

Convite de ongueiro

Girão lembra que Barroso palestrou a favor da legalização da maconha em Nova Iorque (EUA), em 2004. O convite partiu de uma ONG pró-legalização.

Show de horrores

Rosângela Moro (União-SP) lembra que trabalhadores de aplicativo se manifestaram inúmeras vezes contra a regulação do negócio. “Um verdadeiro show de horrores”, diz a deputada sobre o projeto do governo federal.

“Viagens a serviço” custaram cerca de R$ 83 milhões este ano

Governo federal que só consegue conjuntar dois verbos, viajar e gastar, a gestão do petista Lula conseguiu uma “proeza” rara de se ver: apenas nos dois primeiros meses de 2024, torrou nada menos que R$ 83 milhões em viagens “a serviço” de servidores, que seguem o exemplo do chefe, que desde sua posse, em janeiro do ano passado, já passou mais de setenta dias fora do País.

Somente no primeiro ano de seu governo, Lula viajou por 62 dias no exterior, sempre se hospedando nos hotéis mais luxuosos.

Eles voam, a gente paga

De janeiro a fevereiro deste ano já foram 36.176 viagens de servidores, incluindo terceirizados e até “convidados eventuais”. Tudo à nossa conta.

Exterior

Mais de R$ 12,6 milhões já foram gastos este ano com viagens internacionais. O montante representa 15% do total das despesas.

Nós pagamos

No ano passado, o governo federal superou, pela primeira vez na História, R$ 2,1 bilhões em gastos com viagens.

Reforma de milhões

A gastança de Lula e Janja continua chamando atenção. Agora, o governo abriu licitação de R$ 20 milhões para “reformar imóveis” da presidência, como o Palácio da Alvorada, residência do “casal esbanja”.

Supremo candidato

“Se os juízes querem tanto fazer leis, que tal concorrerem nas eleições?”, a sugestão é da deputada Adriana Ventura (Novo-SP) ao criticar julgamento no STF, nesta quarta-feira (06), para descriminalizar as drogas.

Não é só Bolsonaro

Pesquisa Quaest diz que 74% do Brasil reprovam decisões do STF anulando até punições a corruptores confessos na Lava a Jato. E ainda acham que a indignação geral tem a ver apenas com bolsonaristas.

Dobrou a meta

A previsão inicial do ministro da Justiça Ricardo Lewandowski de que os fugitivos de Mossoró estariam num raio de 15 km do presídio de “alta segurança” passou para 35 km, após 20 dias de buscas.

CPI à vista

Nikolas Ferreira (PL-MG) avalia propor CPI para investigar denúncia de escândalo do governo envolvendo precatórios e bancos. O deputado espera esclarecimentos da ministra do Planejamento Simone Tebet.

História de final feliz

Um grupo de 14 pessoas fugindo da ditadura cubana, em um barquinho com vela que mais parecia lençol estendido, foi resgatado pelo maior navio de cruzeiro do mundo, “Icon of the Seas”, um ícone do capitalismo.

Pensando bem…

…segurança máxima mesmo só para autoridades em Brasília.

Fato e passagem fake

Flávio Bolsonaro (PL-RJ) destacou levantamento da coluna com as viagens de Lula que somam quase sete voltas ao mundo. O senador lembrou que o Voa Brasil, com passagens a baixo custo, não decola.


"Não compete ao STF julgar ex-presidente” - Ex-ministro do Supremo, Marco Aurélio diz que não vê “tentativa de golpe” e sim “tempos muito estranhos”


Poder sem pudor

Croquis voador

Estudantes de Engenharia curitibanos, do Projeto Rondon, mudaram a face de João Câmara (RN). Reformaram o coreto, a praça, até construíram um chafariz. Deixaram saudades.

Reza a lenda na política local que, meses depois, o prefeito Chico Bomba recebeu um recado: os estudantes precisavam de um croquis das obras que ajudaram a realizar, para um trabalho de conclusão de curso. O prefeito não entendeu direito, mas, solícito, foi aos Correios e ditou um telegrama: “Impossível encontrar croquis, mas segue a melhor craúna da região.” Em Curitiba, estudantes perplexos receberam do prefeito um pássaro preto.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

SUGERIMOS PARA VOCÊ: