Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Colunista

Cláudio Humberto

AGU se esquivou de habeas corpus para Weintraub

| 30/05/2020, 07:56 07:56 h | Atualizado em 30/05/2020, 08:09

José Levi, advogado-geral da União
José Levi, advogado-geral da União |  Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Provocou mal-estar no Planalto a omissão da Advocacia-Geral da União (AGU) na iniciativa de impetrar habeas corpus em favor do ministro Abraham Weintraub (Educação), para evitar o depoimento à Polícia Federal.

A oitiva, afinal realizada ontem, foi uma espécie de retaliação à referência que Weintraub fez aos “vagabundos do Supremo”, diante da dificuldade de enquadrá-la como crime. Com a omissão, o ministro André Mendonça (Justiça), ex-chefe da AGU, tomou a iniciativa.


"Vai ter que ter uma solução”

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, outro político tentando controlar as redes sociais


Sem explicações

Não há explicação oficial sobre a recusa do ministro-chefe da AGU de impetrar o habeas corpus em favor do ministro da Educação.

Amigos, amigos

Amigos do ministro José Levi Mello do Amaral Júnior (AGU) dizem que ele não impetrou o habeas corpus por ser amigo do ministro Alexandre de Moraes.

Resposta óbvia

O Ministério da Justiça não explicou a atitude omissa da AGU. Recorreu à obviedade de que “qualquer um pode impetrar habeas corpus”.

Difícil enquadrar

Dificilmente Weintraub será acusado de crimes de injúria ou difamação: ele insultou o STF em reunião fechada, que não sabia ter sido gravada.

PT ameaça expulsar filiado que atua contra Covid-19

O PT deu outra mostra de que o interesse da população não é uma prioridade, e ameaçava expulsar do partido Jeansley Lima, presidente da empresa pública Codeplan, do governo do Distrito Federal, figura central do elogiado sistema de monitoramento da Covid-19 que permitiu ao Distrito Federal agir com precisão e registrar a menor taxa de letalidade do Brasil. Para o PT, isso pouco importa. Ameaçado, Lima fez melhor: deixou o partido.

Não perderam tempo

A ameaça de expulsão era dos dirigentes do partido Geovanny Silva e Ricardo Vale, que pareciam não suportar o êxito do correligionário.

Nunca fizeram isso

O governador Ibaneis Rocha (MDB) convidou Lima por sua qualificação técnica e não indicação política. Isso não faz sentido, na visão do PT.

Verdadeira índole

Ibaneis se disse surpreso com a retaliação contra o filiado com 20 anos de partido. “Esse é o PT que as pessoas não podem esquecer”, disse.

Mão que lava outra

O partido Rede continua “tocando de ouvido” com o STF. Desistiu da ação em que pedia a anulação do inquérito do ministro Alexandre de Moraes porque, afinal, agora serve ao propósito de desgastar o governo. Partido de um único deputado, o Rede coleciona vitórias no STF.

Só com dor nas costas

O ministro Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) afirmou que não perde o sono com a ameaça de “impeachment” por partidos de oposição. “Perco o sono quando sinto dores nas costas”, diz ele.

Parasitismo especializado

A pelegada que diz representar funcionários da Caixa fará uma “live” com “especialistas” para defender a suspensão das privatizações até 2022. Os “especialistas” são pelegos e ativistas ligados ao PT, claro.

Zap é só o mensageiro

É inconstitucional juiz suspender WhatsApp, diz o ministro Edson Fachin, relator da ação que alega o desrespeito ao princípio da liberdade de expressão. Como parece ter dúvidas sobre o direito a essa liberdade, o ministro Alexandre de Moraes pediu vista, suspendendo o julgamento.

Controle das redes sociais

Projeto do deputado Marcelo Brum (PSL-RS) quer obrigar empresas de redes sociais a condicionarem o registro de páginas no Twitter ou no Facebook, por exemplo, ao cadastramento prévio do CPF ou do CNPJ.

Incerteza na mídia

O Indicador de Incerteza da Economia (FGV), composto primariamente pela análise do humor da imprensa, caiu 20,2 pontos em maio. A incerteza continua a subir, mas a menos de um terço do ritmo de abril.

Começo do fim?

O site Worldometer, que monitora a evolução do coronavírus, informa que o número de casos encerrados ultrapassou o total de casos ativos no mundo. São 3 milhões no total, sendo 88% de pessoas curadas.

Base de Alcântara, no Brasil
Base de Alcântara, no Brasil |  Foto: Divulgação
Perdeu, Nasa

Nasa e SpaceX tiveram de cancelar a primeira missão tripulada em mais de 9 anos, devido ao mau tempo. Na base de Alcântara (MA), que o governo disponibilizou às empresas, as condições estavam perfeitas.

Pensando bem...

...se xingar na internet é caso de polícia, Alexandre de Moraes terá de agir para criar mais vagas nos presídios, coisa pouca, uns 40 milhões.


PODER SEM PUDOR

Imagem ilustrativa da imagem AGU se esquivou de habeas corpus para Weintraub
Medo mineiro

O senador Milton Campos, da antiga UDN mineira, não era conhecido apenas pela honestidade. Também era conhecido pelo seu cuidado excessivo, para não dizer medo, nas viagens aéreas.

Uma vez, voando de Belo Horizonte para Brasília, ao passar por uma turbulência preocupante, ele levou a mão à garganta e ficou pálido. A aeromoça, gentil, perguntou: “O senhor está com falta de ar?” “Milton Campos respondeu amavelmente: “Não, minha filha. É falta de terra mesmo”.

MATÉRIAS RELACIONADAS