search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Clínicas particulares já vacinam contra a gripe

Notícias

Publicidade | Anuncie

Saúde

Clínicas particulares já vacinam contra a gripe


Mulher é vacinada contra gripe: imunização evita propagação da doença (Foto: Rodrigo Gavini - 10/05/2017)Mulher é vacinada contra gripe: imunização evita propagação da doença (Foto: Rodrigo Gavini - 10/05/2017)

Em meio à campanha de imunização contra a Covid-19, clínicas particulares já estão aplicando a vacina contra a gripe. Agendamentos estão sendo feitos para evitar aglomeração.

A infectologista e responsável técnica pela Burian Vacinas, Ana Paula Burian, explicou que nesse momento de crescimento das doenças respiratórias, com pressão no sistema de saúde, é importante se vacinar contra a influenza. “Não é hora de adiar qualquer vacina.”

Na clínica, o agendamento já está sendo feito para iniciar a aplicação das doses na segunda-feira.

A SIS Vacinas também está fazendo agendamento para evitar aglomeração na hora da imunização. A vacinação já está acontecendo, mas considerando a procura, o diretor administrativo da rede, Erley Valentim, prevê que o estoque se esgote nos próximos dias.

“Em dois dias, já foram reservadas mais da metade das vacinas. Por isso, acredito que a vacina não deve durar mais de cinco dias”.

Ele explicou que é possível oferecer o serviço de forma domiciliar quando o cliente faz a aquisição de outras vacinas.

A CVP Vacinas também começou a vacinação desde o início da semana nas sete unidades da Grande Vitória. Agendamentos online estão abertos, como destaca um dos sócios, o infectologista Paulo Peçanha.

SUS

Além da rede particular, a campanha de imunização contra a Influenza na rede pública começa no dia 12 de abril.

A campanha será dividida em três fases, e vai até o dia 9 de julho. Seguindo orientação do Ministério da Saúde, a primeira fase terá como público crianças, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde.

Nos anos anteriores a campanha se iniciava pelos idosos. A medida vem, segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, Danielle Grillo, para priorizar a vacinação contra a Covid-19 neste público.

“A vacinação contra influenza começará no mesmo período em que ainda estaremos imunizando o público idoso contra a Covid-19. Diante disso, a priorização desse grupo será pela vacina Covid.”

Ela frisou que, mais à frente, na segunda fase da Influenza, será iniciada a vacinação dos idosos.

O imunizante contra Covid precisa de um intervalo de 14 dias, antes e depois, das demais vacinas.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados