search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Cleber deve se livrar de processo
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Cleber deve se livrar de processo

Vereador Cleber Félix (Foto: Divulgação/Câmara de Vitória)
Vereador Cleber Félix (Foto: Divulgação/Câmara de Vitória)
A Corregedoria da Câmara de Vitória vai se reunir nesta segunda-feira (13) para votar os dois pareceres de processos que correm contra o presidente da Câmara, Cleber Felix, e contra o ex-presidente Vinícius Simões. Os relatórios já estão prontos.

O parecer do vereador Dalto Neves no processo contra Vinícius é de não admitir a representação.

Deve ser acompanhado pelos vereadores Luiz Paulo Amorim, Luiz Emanuel Zouain e Davi Esmael. O corregedor-geral, Sandro Parrini, só vota em caso de empate. Já o relatório de Zouain é pela admissibilidade da ação contra Cleber e deve encontrar resistência.

Questionados pela coluna, Davi e Luiz Paulo não declararam voto, mas se posicionaram favoráveis a que nenhuma das duas denúncias prossiga. Nesse caso, Cleber teria dois votos contra o prosseguimento da ação e dois favoráveis (Zouain e Dalto). Parrini seria o voto de minerva e ele é aliado de Cleber.

Afastamento e cassação

Os dois processos que correm na Corregedoria da Câmara são mais um episódio da guerra travada entre Cleber Felix e Vinícius Simões. Cleber pede a cassação do mandato de Vinícius, acusando-o de calúnia em redes sociais. Vinícius pede o afastamento de Cleber da presidência da Casa acusando-o de má gestão, por conta do pedido de suplementação.

Reforço de fora

Em Alegre, o pré-candidato a prefeito do Cidadania – o ex-secretário de Meio Ambiente Rodrigo Vargas – além de receber o apoio dos deputados do partido, o federal Josias da Vitória e o estadual Fabrício Gandini, conta também com apoio de fora. O Partido Verde estadual também vai apoiar Rodrigo, segundo o presidente do PV-ES, Fabrício Machado.

Audifax quer alargar a tenda

O prefeito Audifax Barcelos quer expandir o legado do seu partido, a Rede, para toda a Grande Vitória. Além de apoiar o nome do vereador Fábio Duarte para fazer dele seu sucessor na Serra, Audifax também investe nas pré-candidaturas do vereador Roberto Martins (Vitória), do empreendedor Rafael Primo (Vila Velha) e do ex-deputado Marcos Bruno (Cariacica), além de outros nomes no interior.

Só na provocação!

 (Foto: André Félix/AT)
(Foto: André Félix/AT)

O deputado Enivaldo dos Anjos fez um discurso duro na Ales contra a decisão judicial que suspendeu a lei de redução das mensalidades e depois cobrou uma manifestação do colega Theodorico Ferraço, que foi tardia e bem reparada por Enivaldo: “Pensei que tivesse amarelado”.

Rigoni vai montar grupo de apoio a candidatos

O deputado federal Felipe Rigoni não será candidato a prefeito, mas vai participar do processo político. Ele está dando os primeiros passos para preparar um grupo de candidatos para as eleições. Já está analisando mais de 70 novos nomes da política capixaba e procurando candidatos alinhados com a premissa de realizar políticas públicas baseadas em evidências científicas. Vai ajudá-los com capacitação e dar apoio durante a campanha eleitoral.

GALERIA

MP investiga outdoor

O MP vai investigar possível propaganda eleitoral extemporânea e negativa num outdoor instalado em Cachoeiro em que diz para não votar em quem apoia o governador. A coluna noticiou o fato na quinta-feira.

“Lamentável!”

O secretário da Educação, Vitor de Ângelo, lamentou que o presidente Bolsonaro não tenha escolhido nenhum nome sugerido pelos conselhos estaduais e municipais para o Conselho Nacional de Educação.

Fake news não descansa I

Seis dos 11 vereadores de Anchieta votaram contra a urgência a um projeto de um parlamentar que concedia R$ 300 de auxílio emergencial. Foi o suficiente para a indústria da fake news montar um vídeo afirmando que os 6 são contra o povo de Anchieta.

Fake news não descansa II

O texto não foi votado ainda e sua constitucionalidade é questionada por ser um projeto que deveria ser de iniciativa do prefeito e não dos vereadores. Mas as redes não perdoam.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados