X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Ciência e Tecnologia

'Cometa do diabo' passará pela Terra em 2024

Maior aproximação da Terra está prevista para 2 de junho de 2024


Imagem ilustrativa da imagem 'Cometa do diabo' passará pela Terra em 2024
O cometa passará pela Terra pela primeira vez em mais de 70 anos |  Foto: Divulgação/Nasa

Um enorme corpo celeste, conhecido como "cometa do diabo", passará pela Terra pela primeira vez em mais de 70 anos no próximo ano. O 12P/Pons-Brooks, como é chamado oficialmente, ganhou o apelido em razão da formação de dois "chifres" compostos de gelo e gás, segundo informações da ABC News. Conforme especialistas, ele tem se apresentado excepcionalmente brilhante em comparação com outros cometas, embora não represente ameaça para os habitantes da Terra.

Ainda de acordo com a ABC News, os cometas são compostos de poeira, gases congelados, gelo e rochas unidas após a formação do sistema solar. "À medida que se aproximam do Sol, ficam lentamente mais quentes e brilhantes. O gelo se transforma em gás e afasta a poeira, formando a tradicional cauda associada aos cometas. O 12P/Pons-Brooks, no entanto, tem sofrido enormes aumentos de brilho com duas grandes erupções, a primeira ocorrendo em julho de 2023."

Essas explosões permitiram que o objeto deixe de ser escuro o suficiente para que, em alguns casos, seja visto sem a necessidade de grandes telescópios profissionais.

De acordo com o site Earth Sky, em 20 de julho deste ano, o cometa teve o que se chama de explosão, aumentando repentinamente de brilho em cerca de seis magnitudes. No entanto, o cometa ainda não é brilhante o suficiente para ser visto com binóculos comuns. Está apenas ao alcance de grandes telescópios, o que poderá mudar no ano que vem.

Durante um eclipse solar total em 8 de abril de 2024, passando sobre o México, os Estados Unidos e o Canadá, o cometa terá potencial para ficar muito brilhante e ser visto com binóculos, desde que o céu esteja sem nuvens.

O ponto da órbita em que estará mais perto do Sol será em 21 de abril do ano que vem. Já a maior aproximação da Terra está prevista para 2 de junho de 2024.

O cometa 12P/Pons-Brooks é um cometa periódico do tipo Halley que foi descoberto pela primeira vez por Jean-Louis Pons em 12 de julho de 1812 e depois redescoberto de forma independente por William Robert Brooks em 1883, de acordo com o site TheSkyLive.com. Desta forma, recebeu o sobrenome de ambos os observadores.

Atualmente, o cometa parece que está navegando entre as estrelas de Draco, o Dragão, do nosso ponto de vista terrestre, segundo o site.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: