X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Volta às aulas em 284 escolas da rede pública nesta terça

| 13/10/2020 09:04 h | Atualizado em 13/10/2020, 09:18

Diretora  Mayara Lima,  da  Escola Fernando Duarte Rabelo: “Equipe   treinada dentro dos novos protocolos”
Diretora Mayara Lima, da Escola Fernando Duarte Rabelo: “Equipe treinada dentro dos novos protocolos” |  Foto: Kadidja Fernandes/AT
Após sete meses de paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus, as aulas do ensino médio da rede estadual retornam hoje em todo o Espírito Santo. Ao todo, 284 escolas voltam a abrir as portas.

O retorno vai acontecer por etapas e com revezamento entre os alunos. A partir de hoje, voltam os estudantes do ensino médio, seguidos pelos do fundamental 2 e, por último, do fundamental 1. O intervalo dos retornos será de 15 dias.

Para evitar aglomeração, as escolas vão funcionar com 50% da capacidade. Cada turma será dividida pela metade, fazendo um revezamento presencial a cada semana. Enquanto metade da turma estiver em sala de aula, a outra metade vai estudar em casa com atividades remotas.

Também foi criado um protocolo de segurança sanitária para evitar a propagação do vírus. Os alunos e profissionais terão a temperatura aferida todos os dias e será obrigatório o uso de máscara.

As escolas também foram readequadas para garantir o distanciamento. É o exemplo da Escola Professor Fernando Duarte Rabelo, em Vitória, onde os ambientes foram sinalizados com a capacidade máxima.

“A equipe escolar, desde os vigilantes até os professores, foi treinada dentro dos novos protocolos. Os líderes de turma também receberam treinamento virtual quanto às novas medidas, para que pudessem replicar a ação junto aos seus colegas”, explicou a diretora da escola, Mayara Lima Candido.

Presença

A volta dos estudantes à sala de aula será opcional, segundo a Secretaria de Estado da Educação. Apesar disso, alunos que não participaram das atividades remotas durante a pandemia precisam retornar, sob risco de reprovação.

Pelo menos 24 mil alunos não participaram das atividades aplicadas pela internet e televisão.

“Se esse aluno volta a frequentar a escola neste retorno, entendemos que ele teve dificuldade, mas agora retornou. Mas se ele não volta quando a escola reabrir, entendemos como abandono e não podemos passar de ano este estudante”, afirmou o secretário de educação, Vitor de Angelo.

Uso de máscara vai ser obrigatório

Volta às aulas

  • 284 escolas de ensino fundamental do Estado voltam a funcionar hoje. Esse número representa 95% do total.
  • O retorno das aulas será por etapas, com intervalo de 15 dias, nessa sequência:

Ensino Médio
Fundamental 2
Fundamental 1.

  • O ano letivo, que teve início no primeiro semestre deste ano, será finalizado no dia 23 de dezembro, de acordo com a Sedu.

Revezamento

  • Cada turma será dividida pela metade, fazendo um revezamento presencial a cada semana.
  • Enquanto metade da turma estiver em sala de aula, a outra metade vai estudar em casa com atividades remotas.
  • Com isso, a escola funcionará diariamente com 50% da sua capacidade.

Protocolo

  • Foi criado um protocolo de segurança sanitária para evitar a propagação do vírus.
  • Alunos e profissionais terão a temperatura aferida todos os dias.
  • Uso de máscara será obrigatório.
  • Álcool em gel e máscaras serão disponibilizados.
  • Os ambientes foram sinalizados com a capacidade máxima.
  • Haverá distanciamento físico entre alunos dentro da sala de aula.

Protocolo

  • A presença dos estudantes na sala de aula será opcional.
Fonte: Secretaria de Estado da Educação.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS