Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Vigilante morre em agência do INSS a espera de atendimento

| 29/01/2020 09:28 h

Agência do INSS em Passo Fundo
Agência do INSS em Passo Fundo |  Foto: Reprodução/ RBS TV

Um vigilante, 59 anos, morreu enquanto aguardava atendimento em uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, na manhã de terça-feira (28). De acordo com o G1 Rio Grande do Sul, Renato Sutil aguardava atendimento para receber auxílio-doença.

O amigo Evandro da Silva contou que “eu fui tirar a senha para ele fazer a perícia. Ele se sentiu mal e me pediu água. Quando voltei, ele já não falou mais".

O vigilante parou de trabalhar em dezembro de 2019. Ele morava em Lagoa Vermelha, a 100 km de Passo Fundo, e pediu liberação do hospital que estava internado para fazer a viagem. No município não há médico perito.

Renato estava internado por complicações da diabetes, ainda segundo o G1. Ele foi levado ao INSS em uma ambulância da Secretaria Municipal de Saúde de Lagoa Vermelha.

"O que fica para nós é que, de repente, a morte dele não seja em vão. Que outras pessoas que estão hospitalizadas possam chegar lá e ter [atendimento], ou que não precise nem ir. Que o próprio hospital possa encaminhar o documento daqui. Hoje em dia tem internet. Por que uma pessoa precisa se deslocar? Tirar do soro, retirar do oxigênio, de tudo, para poder chegar lá e fazer uma perícia, que é obrigação do Estado", afirmou ao G1 o sobrinho da vítima, Juliano Sutil.

A reportagem do portal entrou em contato com o INSS, mas não teve resposta.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS