X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Cidades

VÍDEOS | Chuva alaga ruas, lavouras e causa deslizamentos no Sul do ES

Moradores compartilharam vídeos da situação nas cidades atingidas pelas fortes chuvas


As fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo na tarde de segunda-feira (19) causaram prejuízos, alagamentos e deslizamentos de terra no Sul do Estado.  

No bairro Baiminas, em Cachoeiro de Itapemirim, um barranco caiu sobre a parede de uma casa e destruiu a cozinha do local. Não houve feridos. 

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil estiveram na residência, por se tratar de encosta, uma vez que a região é considerada área de risco. Deslizamentos também foram registrados nos bairros Ilha da Luz, Gilberto Machado, Amaral e São Geraldo.

Além disso, inundações em diversos pontos da cidade foram sinalizadas, como as das ruas no bairros Aeroporto, São Geraldo e na avenida Francisco Lacerda de Aguiar, no bairro Gilberto Machado.

Segundo a Defesa Civil, o Rio Itapemirim subiu cerca de 90 centímetros e a vazão é monitorada. De acordo com o órgão, não há risco ainda de transbordamento.

Já em Castelo, os alagamentos foram registrados na zona rural. Segundo a Defesa Civil do município, o solo já estava encharcado e foi mais prejudicado com a chuva dessa segunda-feira (19). Localidades como Monte Alverne e Fazenda do Centro, registram plantações cobertas pela água. 

A prefeitura do município, juntamente com a Defesa Civil, fizeram um alerta aos moradores, pedindo atenção para as chuvas nos próximos dias.

“Por enquanto, foram registrados alagamentos apenas em áreas rurais, a parte urbana foi não atingida e, o nível do rio, segue normal. Entretanto, estamos registrando muita chuva nas áreas de cabeceira, desta forma, pedidos atenção aos castelenses, principalmente aos informes que serão publicados através de nossas redes sociais”, informou a Defesa municipal.

Em Mimoso do Sul, a força da água inundou casas e transformou a rua principal do distrito de São José das Torres em uma grande correnteza. De acordo com a prefeitura da cidade, não houve registro de feridos. Veja vídeo compartilhado por um morador do distrito de São José das Torres, em Mimoso do Sul:

 

null Divulgação
 

 Outro morador de Monte Alverne, em Castelo, também compartilhou um vídeo da situação crítica da região após as intensas chuvas. Confira:

 

null Divulgação
 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: