X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

VÍDEO | Socorro para jovem que teve parte do intestino arrancado chega no amanhecer do dia

Anny Freire e Roberta Bourguignon | 01/02/2022 21:34 h | Atualizado em 01/02/2022, 22:47

Imagem ilustrativa da imagem VÍDEO | Socorro para jovem que teve parte do intestino arrancado chega no amanhecer do dia
 

Imagens obtidas pelo jornal Tribuna Online mostram o momento em que o jovem de 20 anos, que teve parte do intestino arrancado, é socorrido pelo Corpo de Bombeiros, no Parque Morro da Pescaria, onde fica a praia do Ermitão, em Guarapari.

O crime, que ganhou grande repercussão e se tornou um mistério, deixou o universitário, de 20 anos, e sua namorada, de 21 anos, feridos na madrugada de 16 de janeiro. A polícia investiga o caso.

 

Anny Freire
 

O vídeo mostra o momento em que os socorristas do Samu e os bombeiros chegam ao local. Por volta das 6h o rapaz, que já estava sem parte do intestino, é socorrido e levado de maca para ambulância. O jovem foi encaminhado para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência de Vitória.

Logo depois de dá entrada no HEUE ele foi transferido para um hospital particular. De acordo com a polícia, a namorada do rapaz também teve ferimentos, porém leves. Foi atendida em um Pronto Atendimento do município de Anchieta e logo depois teve alta.

Socorro iniciou com ligação dos pais da menina

O advogado das famílias, Laécio Machado, contou que todo o pedido de socorro iniciou com a ligação dos pais da menina. 

Machado disse que a ligação foi antes das 2h da manhã. “Primeiramente ela recebe um telefonema, ela atende o telefone e pede por socorro. Ela vai atrás desse socorro. A partir desse momento ela lembra o que aconteceu", conta ele.

E completa. "Na hora que eles são encontrados, os dois estão muito machucados. Ele não estava somente com a barriga aberta, ela está muito machucada da cabeça aos pés, e ele também muito machucado da cabeça aos pés. Ninguém foi brincar de médico”.

Somente a mochila e o chinelo foram recolhidos pela polícia militar, que chegou após o resgate. Nenhum objeto usado para o corte da barriga foi encontrado na praia.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS