Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

VÍDEO | Manifestação pelo fim do trabalho infantil na Serra

| 08/06/2020 11:33 h | Atualizado em 08/06/2020, 11:47

Uma manifestação chamou a atenção de quem passou pela BR-101, na altura de Carapina, na manhã desta segunda-feira (8). Com perucas coloridas e cartazes, a equipe da Associação Lar Semente do Amor pedia o fim do trabalho infantil.

“No dia 12 de junho ocorre uma mobilização em todo mundo pela erradicação do trabalho infantil. Como não estamos podendo atender as crianças com nossos projetos, esse ano estamos fazendo essa mobilização externa”, disse a coordenadora de projetos Cirlene Costa.

A orientação contra o trabalho infantil é uma das atividades desenvolvidas pela associação que atua há 26 anos, conta com oficinas de dança e esportes e atualmente atende 650 crianças e adolescentes.

Segundo Cirlene, o trabalho de conscientização também é feito com as famílias.

“Com o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, abordamos esse tema com as crianças e com as famílias. Não adianta a gente trabalhar a questão do trabalho infantil só com as crianças. Temos que trabalhar com a família também. Por isso, durante o distanciamento, estamos enviado trabalhos para que eles façam em casa junto com a família. A criança que participa do projeto sabe que é um direito dela estar na escola. Para algumas famílias, é normal a criança estar no sinal. Então, a gente empodera a criança e a família para que eles entendam que a criança não deve estar na rua correndo riscos”, explicou.

As ações vão continuar nos próximos dias. “Amanhã será em Planalto Serrano e Eldorado e na quarta-feira, em Novo Horizonte e Jacaraípe. Nosso objetivo é que a sociedade veja o trabalho infantil como uma coisa ruim. Criança e adolescente têm direito de estar na escola e de ter lazer”, concluiu.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS