Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

VÍDEO | Baleia-jubarte de mais de 10 metros é encontrada morta em Guarapari

| 11/08/2021 12:39 h | Atualizado em 12/08/2021, 10:37

Pessoas observam o animal morto na beira da praia
Pessoas observam o animal morto na beira da praia |  Foto: Roberta Bouguignon/AT

Uma baleia-jubarte de quase 12 metros e mais de 22 toneladas encalhou na areia da Praia do Riacho, em Guarapari, na manhã desta quarta-feira. Os técnicos do Instituto Orca e do Serviços em Meio Ambiente (CTA) foram acionados por populares que passavam pela orla e avistaram o animal.

O médico veterinário do Instituto Orca, o Ian Augusto, esclarece que a baleia já chegou morta na areia da praia. O animal foi identificado como uma fêmea juvenil, que possui 11,6 metros e 22,3 toneladas.

“A baleia já chegou na praia morta, e em estado de decomposição. Vimos que a carcaça dela já estourou, porque tem resíduos da cavidade bucal próximo ao corpo”, esclarece o médico.

Perto da baleia encalhada, foi encontrada a barbatana do animal, que foi recolhida pelos técnicos e também será usada para análise.

Ainda não é possível determinar a causa morte da baleia, mas o veterinário destaca que devido a temporada de baleiras jubartes no Estado, esse animal pode ter morrido durante passagem por Guarapari.

“Estamos na temporada da baleia, e esses animais estão fazendo suas migrações. Algumas baleias já estão cansadas, e pode ter alguma doença pré-existente e vir a óbito. É uma rota cansativa. A real causa morte neste caso, ainda é complica dizer”, completou.

A área onde a baleia foi encontrada precisou ser isolada para evitar que os curiosos cheguem muito perto.

Imagem ilustrativa da imagem VÍDEO | Baleia-jubarte de mais de 10 metros é encontrada morta em Guarapari
“Isolamos o local e colocamos a placa de identificação. Como o animal está na área de arrebentação, temos que esperar o secante da maré para fazer a necropsia e fazer a destinação desse animal, que é o enterro dele”, explica o médico.

O objetivo da necrópsia, segundo ele, é coletar amostrar para o estudo de identificação da morte desse animal.

“Vamos tentar abrir o animal para coletar as amostrar e buscar descobrir a causa morte do animal. Levaremos os órgãos que conseguirmos”, finaliza.

Temporada das baleias no Estado

O Espírito Santo está na rota das baleias que vêm da Antártida para se reproduzir no Estado. As jubartes buscam águas mais quentes para a reprodução. A passagem delas pelo litoral capixaba, acontece principalmente entre os meses de junho e agosto.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS