Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Verdades de uma mulher de 40 anos

| 05/10/2020 09:52 h | Atualizado em 05/10/2020, 10:06

“Por experiência, sabe a diferença de amor e paixão. O que é verdadeiro, caso passageiro ou pura ilusão”. O verso de “Mulher de 40”, música eternizada na voz de Roberto Carlos, mostra algumas das irrefutáveis verdades da classe feminina ao chegar nessa fase.

Maturidade, autoconhecimento, experiência, independência e autoestima elevada são alguns dos aprendizados conquistados pelas mulheres entre 40 e 49 anos, segundo as especialistas consultadas pelo AT2.

Com 25 anos de experiência clínica, a psicanalista Sandra Hott explica que essa geração “mais bem-resolvida consigo” é fruto de eventos históricos e culturais que deram mais liberdade à mulher: entrada no mercado de trabalho, acesso ao estudo e uso de métodos contraceptivos que permitiram decidir quando e se devem optar pela maternidade.

E esse dado se refletiu na pesquisa divulgada pelo Datasus. No Brasil, nas últimas duas décadas, o número de mulheres que foram mães após os 40 anos aumentou em 49%.

“Antes, a fertilidade era vista como única potência presente em uma mulher e fazia sentido que qualquer fase posterior pudesse ser de menor importância”, explica Sandra.

Porém, a psicóloga Alessandra Augusto afirma que essa sabedoria não nasce somente com o passar cronológico dos anos.

“Ela vem com as vivências e experiências de cada uma. Quando a mulher vai chegando aos 39 anos, ela já está bem amadurecida, independente, autônoma, tendo mais segurança nas suas decisões e mais tempo para se dedicar a si mesma. Já entende que administrou o lar, a família. Está mais confiante”.

Para Alessandra, essas mudanças são visíveis em vários aspectos: carreira, família e relacionamentos interpessoais. “A mulher passa a ter uma consciência maior sobre as coisas. Se antes ela tinha uma carga grande em relação ao cuidado com os filhos e marido, hoje ela está pensando muito mais nela”, diz.

No controle

A cabeleireira Claudia Carvalho
A cabeleireira Claudia Carvalho |  Foto: Kadidja Fernandes/ AT
Mais madura, com a autoestima nas alturas e tendo muita segurança de suas decisões, a cabeleireira Claudia Carvalho, 41, diz viver um momento muito feliz. Até mais do que 10 anos atrás.

“Eu me sinto no controle da minha vida. Aos 30,sempre esperava pelas decisões dos outros por não ter minhas próprias atitudes. Hoje sou muito resolvida em tudo que eu faço”, afirma.
 

As lições aprendidas através dos anos:

Autoestima
1 Ela entende melhor suas emoções. Tem maior habilidade emocional, se admira, desenvolve o amor-próprio. Há um maior autocuidado.

2 A mulher entende que consegue dar a volta por cima. Percebe novas possibilidades para aqueles problemas que, quando se é mais jovem, usa a impulsividade para resolver. “Aos 40, tem essa dinâmica, essa expertise de perceber e trazer uma solução sem sofrer com isso”, explica a psicóloga Alessandra Augusto.

Relacionamentos
3 Ela está mais esperta, segura, experiente. Geralmente, não aceita relacionamentos sem reciprocidade. “A mulher nessa idade sabe que, para a relação funcionar, é preciso investimento das duas partes. Não é mais apenas ela cuidando de tudo. Exige reciprocidade”, afirma Alessandra.

4 Aprende a não negligenciar o marido em detrimento dos filhos. Ela sabe que, quando as “crianças” saírem de casa, ele é quem estará ao lado dela.

5 Porém, aquelas que estão em um relacionamento estável já entenderam a dinâmica familiar. Por isso, estão mais sólidas com seus companheiros.

Carreira
6 Geralmente nessa fase, ela está com sua carreira definida e estabilizada financeiramente.

7 Mas é nesse período também que muitas buscam começar novo projeto ou mesmo uma profissão.

Maternidade
8 Por muitas priorizarem suas carreiras, na fase dos 40 é comum que muitas mulheres decidam investir na maternidade, pois entendem que há tempo para isso.

9 Em relação aos filhos, ela sabe que, mais cedo ou mais tarde, eles vão buscar o próprio caminho. E aprende a respeitar e a não sofrer com isso.

Autoconhecimento

10 Ela valoriza o tempo que passa sozinha. Não tem medo da solidão.

11Nesse período entre 40 e 49 anos, a mulher já não é tão impulsiva.

12 Ela conhece seu próprio corpo, suas fortalezas e fraquezas, suas emoções.

13 Sabe que dizer “não” pode evitar muitos problemas.

14 Costuma ter estilo próprio.

15 Estrias e celulites não a deprimem como poderia acontecer aos 20 anos. Evita seguir as impulsividades da moda.

16 Não leva em consideração as críticas que não sejam feitas por pessoas importantes para ela. E sabe filtrá-las para não sofrer com isso.

17 Há uma aceitação de seu aspecto físico, ao mesmo tempo que ela se preocupa com sua saúde e sua aparência. Preocupa-se mais com o seu bem-estar. “Não que não houvesse isso antes, mas tem uma consciência maior sobre isso. Se antes ela tinha uma carga grande em relação ao cuidado com os filhos e marido, hoje ela está pensando muito mais nela”, ressalta Alessandra.

Social
18 Ela está mais audaciosa, ousada. Sai sozinha para se divertir, dirige, busca suas prioridades.
Felicidade

19 Não quer viver de aparências e deixa de buscar uma felicidade completa para aproveitar os momentos felizes.

20 Medo de envelhecer? Ela aprende a ser grata e a se divertir em cada fase da vida.

Fonte: Especialistas consultadas.
 

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS