Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Ufes lança o primeiro observatório astronômico do Brasil com acesso remoto

| 22/07/2021 18:04 h | Atualizado em 22/07/2021, 19:26

Telescópio Remoto do Espírito Santo (TeRES)
Telescópio Remoto do Espírito Santo (TeRES) |  Foto: Divulgação/Ufes

A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) lançou, nesta quinta-feira (22), o primeiro observatório astronômico com acesso remoto e gratuito ao público. O projeto foi idealizado no Gaturamo Observatório Astronômico (GOA), que fica na universidade, e se chama Telescópio Remoto do Espírito Santo (TeRES). 

Responsável pelo desenvolvimento do projeto de pesquisa, junto com o estudante do curso de Ciência da Computação da Ufes Fábio Alvarenga, o coordenador do GOA, Márcio Malacarne, explicou que o observatório tem uma interface "amigável, segura e em português".

"Qualquer pessoa interessada em astronomia vai ter acesso a imagens em tempo real, via computador ou navegador, mesmo distante do telescópio, e sem a necessidade de instalar aplicativos”, complementou o coordenador.

Ainda segundo Malacarne, o objetivo do telescópio é ampliar a pesquisa e a interdisciplinaridade, aliando a astronomia e a astrofotografia às artes e até às engenharias, por meio de estudos de brilho, cor e tamanho dos astros. "Além de que pode proporcionar às pessoas a oportunidade de dominarem habilidades e técnicas de ciência prática e inclusão digital, estimulando o conhecimento científico", disse.

O TeRES foi apresentado na manhã desta quarta-feira (22), durante a programação do 24º Simpósio Nacional de Ensino de Física (SNEF), que teve início no dia 19 e segue até 30 de julho.

Como vai funcionar

O telescópio vai ficar aberto à comunidade em geral, mas, especialmente, para: estudantes que queiram desenvolver projetos em astrofísica e em astrofotografia; professores interessados em visitas virtuais e astrofotografia com seus alunos ou em participar de trabalhos ou pesquisas de iniciação científica. 

Para acessar, é necessário preencher um formulário disponível no link https://astro.ufes.br/teres-pedido-de-tempoApós o preenchimento, as solicitações serão avaliadas e será dado um retorno aos interessados.

“Esta iniciativa vai trazer inovações para um público mais amplo, coisa inédita no Brasil. Esse será o primeiro observatório do País com acesso público e gratuito”, comemora Márcio Malacarne

O coordenador do GOA ainda ressaltou que “os telescópios são ferramentas encantadoras e interdisciplinares, ajudam as pessoas a dominarem as habilidades e técnicas de ciência prática e inclusão digital, estimulando, assim, o conhecimento científico”.

Telescópio Remoto do Espírito Santo

O projeto de pesquisa TeRES tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Para saber mais informações sobre o telescópio, clique aqui.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS