X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Trote faz helicóptero do Samu voar 85 km para socorrer suposta vítima de acidente

| 29/01/2020 09:33 h | Atualizado em 29/01/2020, 09:50

Uma brincadeira de mau gosto fez com que um helicóptero do Samu voasse 85 km para socorrer uma vítima de um acidente que sequer aconteceu.

Equipe mobilizada para atender suposta vítima de acidente.
Equipe mobilizada para atender suposta vítima de acidente. |  Foto: Divulgação/Samu Aéreo

O trote foi passado na tarde da última segunda-feira (27), no Paraná. Na ligação, uma pessoa informou que um motocilista estava em estado grave após um acidente em Paranacity.

O atendente verificou que a ambulância mais próxima estava em outro atendimento e o apoio aéreo foi acionado. A aeronave voou de Maringá até Paranacity, um percurso de 85 km. Quando os socorristas chegaram ao local, não havia nenhum acidente.

De acordo com a coordenação regional do Samu, o custo de uma hora de operacionalização do helicóptero é de R$ 15 mil.

Um adolescente, de 13 anos, e um menino, de 11, foram apontados pelo Samu como os responsáveis pela ligação. Ao perceberem a mobilização, os garotos se arrependeram e contaram para a mãe de um deles, que ligou para a polícia avisando que se tratava de um trote.

O médico socorrista que foi até o local do suposto acidente foi até uma delegacia e registrou um boletim de ocorrência.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS