X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Testemunhas reclamam da demora dos bombeiros em atender incêndio em apartamento

| 20/10/2020 14:47 h

Imagem ilustrativa da imagem Testemunhas reclamam da demora dos bombeiros em atender incêndio em apartamento
Testemunhas do incêndio em um apartamento na Praia do Canto, em Vitória, na noite de segunda-feira (19), reclamaram da demora do Corpo do Bombeiros para chegar ao local.

Quando o fogo começou, vizinhos molharam as roupas e entraram no edifício onde fica o imóvel. Um menino, 4 anos, que estava no apartamento com a família, não resistiu e morreu.

“O pessoal da rua começou a falar que tinha gente presa em casa. Aí começou a se mobilizar, molhar as camisas e subir. Eu fui junto. Era muito calor e fumaça”, disse o engenheiro mecânico Bruno Magalhães di Cavalcanti, 27, que mora no prédio ao lado.

“O pessoal da rua começou a falar que tinha gente presa em casa. Aí começou a se mobilizar, molhar as camisas e subir. Eu fui junto. Era muito calor e fumaça”, disse o engenheiro mecânico Bruno Magalhães di Cavalcanti, 27, que mora no prédio ao lado.

Na manhã desta terça (20), o coronel Roger Amaral, do Corpo de Bombeiros, explicou que “para quem está aqui esperando, um minuto é uma hora. Do acionamento até o local, a gente demorou 21 minutos de Vila Velha até aqui (local do incêndio). Nós deslocamos as guarnições de Vila Velha porque a de Vitória estava atendendo outra ocorrência”.

Leitores do Tribuna Online usaram os comentários das reportagens para questionar o tempo de chegada do Corpo de Bombeiros.

“Por que o Corpo de Bombeiros demorou a chegar? O socorro a esta criança não foi um pouco tardio? Nesses casos poucos minutos fazem a diferença”, escreveu Janete Gaudio.

Outra leitora afirmou que a equipe dos Bombeiros demorou 30 minutos pra chegar.

Veja mais:

Campanha arrecada doações para família vítima de tragédia na Praia do Canto
 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS