X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Saldanha da Gama terá museu virtual e órgão público do governo

| 09/12/2019 16:59 h | Atualizado em 10/12/2019, 07:40

Sede do Saldanha da Gama, em Vitória
Sede do Saldanha da Gama, em Vitória |  Foto: Ademir Ribeiro / Arquivo AT

O governo do Estado vai assumir a antiga sede do clube Saldanha da Gama, na avenida Beira-Mar, em Vitória, e abrir o espaço para visitação turística. Além disso, o prédio histórico vai receber a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), que atualmente funciona na avenida Fernando Ferrari.

No prédio do Saldanha, o governo do Estado pretende abrir um museu virtual, que contará com lanchonete e outros espaços de convivência com apelo turístico. O imóvel é de propriedade da prefeitura de Vitória e será entregue ao governo do Estado em troca de um prédio e um terreno em Bento Ferreira.

"Já visitamos o Saldanha, pegamos o projeto da prefeitura e adequamos para receber a Fapes e a visitação pública com uso turístico e cultural. A Fapes fez a proposta de fazer um museu virtual sobre a história do Saldanha e da colonização de Vitória", afirmou a secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro.

A expectativa, segundo Lenise, é de que a obra dure em torno de dois anos. Durante as obras, a Fapes passará provisoriamente para um espaço no edifício Trade Center, também no Centro.

O prédio histórico do Saldanha da Gama foi construído no início do século XVIII para ser uma fortaleza e proteger a ilha de Vitória de invasões estrangeiras. Em 1931, foi comprado pelo clube de remo Saldanha da Gama, que por anos ocupou o espaço.

O edifício chegou a ficar perto de ser transformado no Museu da Colonização e da Migração do Solo Espírito-Santense, sob administração da Federação do Comércio do Espírito Santo (Fecomércio). No entanto, a entidade desistiu do projeto em junho deste ano.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS