X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

“Roupa não deve ser descartada”, diz especialista

Para não exagerar nas compras, as especialistas dão dicas de peças coringas para ter no guarda-roupa

Isabella de Paula, do jornal A Tribuna | 02/08/2022 09:49 h

A consultora de imagem pessoal Jullia Mauri destaca que, na maioria das vezes, o exagero nas compras apenas gera frustração
A consultora de imagem pessoal Jullia Mauri destaca que, na maioria das vezes, o exagero nas compras apenas gera frustração |  Foto: divulgação/Catleen Santiago
  

Com a grande variedade de peças, tamanhos e um custo-benefício que chama a atenção, muitas pessoas acabam comprando sem necessidade, o que estimula o consumo desenfreado e prejudicial ao planeta. 

Segundo a consultora Jani Valença, especialista em estilo e imagem, a indústria da moda é a segunda maior poluidora do mundo, sendo esse um dos lados negativos das facilidades do comércio da moda em grande escala. 

“A moda se tornou mais acessível, mas é também a segunda indústria mais poluidora do mundo. As roupas ganharam  fama de serem descartáveis e isso é um problema, porque a moda se torna fútil”, diz a especialista.

De acordo com Jani Valença, mais do que nunca é preciso comprar com consciência. 

“Às vezes, você encontra um produto mais barato, mas que não tem alta durabilidade. Temos que ter consciência de que o planeta não aguenta mais, essas roupas vão para algum lugar, viram lixo”, alerta. 

A mentora de moda e consultora de imagem Ludmilla Giacomelli recomenda como solução para um consumo mais consciente entender o seu gosto pessoal.

“Nunca foi necessário ter um guarda-roupa lotado! Entender o seu estilo e o que você quer transmitir faz toda a diferença para comprar de forma correta, porque a partir disso, quando for adquirir uma nova peça, vai saber se aquele produto combina com os demais itens do seu armário”, comenta. 

Ludmilla destaca ainda um movimento que tem ganhado cada vez mais adeptos no universo da moda: o desapego. Segundo ela, essa é outra forma de estimular a moda sustentável.

O crescimento do comércio digital possibilitou às consumidoras encontrarem peças muito mais acessíveis em modelos e preços. No entanto, essa variedade deve ser vista com cautela.

A consultora de imagem pessoal e posicionamento Jullia Mauri destaca que, na maioria das vezes, o exagero nas compras apenas gera frustração. “Muitas pessoas compram uma infinidade de roupas e nunca se sentem satisfeitas com seus armários”, diz. 

Segundo Jullia, o segredo para evitar a situação  está em  aprender como fazer suas compras. 

“Independente de ser  em loja física ou online, a sua compra precisa ser intencional e estratégica. Quando você aprende a comprar, todo o seu guarda-roupa se conecta e você evita o consumo desenfreado”, ressalta a especialista.

Peças coringa para ter no armário

> Camiseta branca

Do casual ao formal, essa é uma peça atemporal, que pode compor diferentes looks por sua versatilidade.

Além do uso básico, pode ser acompanhada de sobreposições e acessórios.   

> Calça jeans

Independente do modelo, é um elemento essencial em qualquer armário, que sempre acompanha as tendências da moda.

Um conselho para não errar na compra dessa peça é escolher um modelo que valorize o seu corpo.

> Blazer

Seja alongado, com ombreira ou sem, essa é uma peça que cabe em diversas ocasiões, desde os ambientes mais casuais aos mais formais.

O blazer tem o poder de dar sofisticação a qualquer look. Especialistas indicam cores neutras para um uso mais frequente.      

> Bolsas e acessórios

Cintos, colares e bolsas. Esses são alguns dos acessórios que fazem a diferença no armário de uma mulher.    

As cores básicas como branco, preto e caramelo são as principais opções para o investimento inicial.

Depois, é interessante investir em cores e texturas de acordo com a preferência pessoal.  

Fonte: Especialistas consultadas.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS