X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Rodoviários aprovam aumento proposto pela Justiça e sinalizam fim da greve

| 04/12/2019 11:09 h | Atualizado em 04/12/2019, 16:37

Ônibus circulam em

Os rodoviários aprovaram, em primeira assembleia, na manhã desta quarta-feira (4), a proposta apresentada pela Justica na reunião realizada mais cedo na sede do Ministério Público do Trabalho.

A proposta é de 3.04% de reajuste salarial, mais R$ 1 de aumento no valor diário do tíquete alimentação. O reajuste representa um índice acima da inflação.

Durante a assembleia, o sindicato defendeu que a proposta seja aceita pela categoria, uma vez que as condições - apresentadas pela Justiça, na manhã desta quarta - são melhores do que as apresentadas em outros estados.

Uma nova assembleia será realizada às 15 horas desta quarta-feira (04), na Quadra da Novo Império, em Vitória. A partir desta segunda votação, a categoria vai contabilizar os votos, que irá apontar a decisão final dos rodoviários.

"O sindicato vai defender a proposta da Justiça para que não haja greve. Mas a categoria é soberana. A decisão de ter greve ou não depende deles", explicou José Carlos Salles, diretor do Sindicato dos Rodoviários.

Este resultado final dos motoristas e cobradores de ônibus será levada para uma nova audiência de conciliação entre Ministério Público do Trabalho, rodoviários e empresários, prevista para as 17 horas.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS