X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Regional

Bois sobrevivem após serem arrastados por enxurrada no ES

Bois foram arrastados pela água da chuva que atingiu o Espírito Santo, na segunda-feira (19)



Imagem ilustrativa da imagem Bois sobrevivem após serem arrastados por enxurrada no ES
Bois arrastados por água da chuva sobreviveram |  Foto: Reprodução vídeo

Um temporal atingiu cidades das regiões Sul e Serrana do Espírito Santo, na tarde desta segunda-feira (19), e destelhou casas, derrubou muros e causou vários estragos. Na localidade de Nova Estrela, na zona rural de Alfredo Chaves, moradores registraram o momento em que bois são arrastados por uma enxurrada.

Os 13 bois, da raça Nelore, que aparecem nas imagens compartilhadas nas redes sociais, pertencem ao pecuarista Nilson Grasse, morador do lugar. Segundo ele, um animal precisou ser sacrificado por causa dos ferimentos.

“Um boi resgatamos nesta terça-feira (20) pela manhã num bueiro, e precisamos mata-lo por causa dos ferimentos, infelizmente", disse.

O pecuarista contou que acredita que os animais estariam às margens de um córrego que corta o pasto no momento da enxurrada.

“Temos curral, mas boi vive no pasto. Acho que eles foram para perto do córrego que passa perto da nossa propriedade e foram levados”, explicou.

Nilson contou também que, com o auxílio de sua família, mantém um rebanho com cerca de 40 cabeças de gado de corte.

“Dos doze que sobreviveram, seis ficaram muito machucados. Uma pena”, lamentou.

De acordo com o Boletim Extraordinário da Defesa Civil, emitido às 6h da manhã desta terça-feira (20), Alfredo Chaves foi a cidade onde mais choveu nas últimas 24 horas no Espírito Santo, com o acumulado de 72,2 mm.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: