X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Prefeituras vão manter ponto facultativo no Carnaval

Jornal A Tribuna | 26/01/2022 07:55 h

Mesmo com o cancelamento da folia de rua em vários municípios do Estado, prefeituras da Grande Vitória pretendem manter o ponto facultativo do Carnaval, que acontecerá nos dias 28 de fevereiro e 1º de março deste ano.

Em Vila Velha,  a prefeitura informou que, como determinado pelo calendário municipal, publicado em dezembro de 2021,  a folga segue prevista.

“Qualquer alteração nessas datas serão comunicadas futuramente, se acontecerem”, esclareceu, em nota.

Não foi informado, porém, se haverá   programação carnavalesca  na cidade canela-verde.

A Prefeitura de Cariacica também informou que, até o momento, pretende cumprir o calendário oficial de feriados  previstos para este ano e manter o ponto facultativo da festividade.

Conforme ressaltou ainda a administração municipal,  a realização de eventos públicos e   privados em vias públicas, inclusive   de blocos de carnaval, está proibida no município até o dia 6 de março.

O objetivo, segundo a prefeitura,  seria a necessidade de conter a disseminação dos vírus da covid-19 e da gripe.

“Neste período, a Fiscalização Integrada – composta pelas equipes da Vigilância Sanitária, Obras, Posturas, Meio Ambiente, Trânsito, Polícia Militar, Guarda Municipal, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros – estará nas ruas realizando a fiscalização”. 

O governo do Estado afirmou que, até o momento, não possui definição sobre o tema, assim como as prefeituras da Serra e de Guarapari.  Ambos os municípios decidiram cancelar as festas de Carnaval neste ano.

A Prefeitura de Vitória, por sua vez, preferiu não se manifestar. A capital também cancelou o carnaval de rua e adiou o desfile no Sambão do Povo para abril.

Carnaval. Confetes, serpentinas e máscara.
Carnaval. Confetes, serpentinas e máscara. |  Foto: Pixabay
 

Aulas

Quanto às atividades escolares durante o período, o Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo (Sinepe) orientou que “cada instituição tem autonomia” para definir o seu próprio calendário.

Nas unidades do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), será seguido o  calendário do   Ministério da Economia, divulgado neste mês. Sendo assim, o ponto facultativo permanece previsto.

O mesmo deve acontecer na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), que também optou por manter a folga prolongada tanto para os servidores quanto para os alunos.  


Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS