Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Por que a sexta-feira 13 é tão misteriosa?

| 13/08/2021 09:43 h | Atualizado em 13/08/2021, 10:02

A historiadora e terapeuta holística comportamental Mila Marques
A historiadora e terapeuta holística comportamental Mila Marques |  Foto: Antonio Moreira/ AT
Hoje é sexta-feira 13 e por trás da data existem diversos mitos de azar. Para supersticiosos, a ideia de passar por este dia pode causar arrepios. Mas porque a sexta-feira 13 ainda é tão misteriosa?

As superstições sobre este dia foram transmitidas entre gerações e se fortaleceram com filmes no cinema, que consagrou essa combinação como “um dia de terror”.

Para astrólogos e tarólogos, a sexta-feira 13 é um dia repleto de energias positivas e uma oportunidade para refletir e dar início a planos que já vinham sendo adiados; além de uma oportunidade de aproximação familiar.

A historiadora e terapeuta holística comportamental Mila Marques explica que a sexta-feira é um dia em que, historicamente, as bruxas consideram bom para trabalhos energéticos. A construção de estereótipos negativos em torno destas referências, de acordo com ela, teve início no processo de cristianização da Europa, na Idade Média.

“Tudo ligado a bruxas era visto de forma negativa. Várias referências foram construídas para criar medo e comoção. Dizem que é um dia de azar, mas de forma alguma seria isto. É uma data ótima, a ser comemorada. É boa para trabalhar com desejos, criar lucidez, se propor a objetivos”, explica.

Há outras associações com o 13 que acabaram transformando este dia em azarento. A astróloga, ocultista e psicanalista Virgínia Gaia conta que, em uma sexta-feira 13, aconteceu o julgamento de Jacques de Molay, uma figura proeminente dos Cavaleiros Templários, grupo acusado pelo Papa Clemente V de desrespeito à cruz, heresia, sodomia e adoração a ídolos pagãos.

“Não há confirmação histórica que tenha acontecido nesse dia, nem mesmo para o julgamento tem uma documentação histórica, mas existe a lenda e daí surgiu o dia de azar na sexta-feira 13”, contou Virginia Gaia.

Mas, a sexta-feira 13 significa transformação, segundo a terapeuta holística Célia Leite. Seria um dia de espiritualidade forte.

“Você pode criar como uma grande oportunidade, para deixar um relacionamento antigo para recomeçar. Pode começar um projeto novo. O ideal é pensar nesse dia em transformações e procurar fazer coisas boas no dia a dia”, disse.

Saiba mais

Número 13

  • O número 13, no imaginário popular, não tem um bom presságio.
  • No tarô, o número 13 representa o arcano da morte. Mas, não significa necessariamente a morte física. Ele pode representar um encerramento de um ciclo e transformações.

Sexta-feira 13

  • Há várias teorias que sugerem a sexta-feira 13 associada ao azar. A mais forte tem origem no século XIV, quando aconteceu o julgamento e morte de Jacques de Molay, uma figura líder dos Cavaleiros Templários (exército de monges criados para proteger os peregrinos), que foi acusado, pelo Papa Clemente V, de heresia, sodomia e adoração a ídolos pagãos.
  • Em Outra história, a sexta-feira 13 tem a ver com o processo de cristianização dos povos bárbaros que invadiram a Europa, período medieval.
  • Há também o mito de que gatos pretos eram animais domesticados por mulheres acusadas de bruxaria. Durante a inquisição, criou-se um mito que eles trariam azar.

Dia de boas energias

  • Para astrólogos e tarólogos, é um dia repleto de energias positivas e uma chance para refletir e dar início a planos que estavam sendo adiados.
  • É também uma oportunidade de momento familiar, seja um almoço ou jantar com todos reunidos.
  • Também significa transformações e renascimento.

Fonte: Especialistas consultados.
 

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS