X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Polícia Civil investiga morte de pedreiro que caiu de altura de 10 metros em Vitória

Redação Tribuna Online | 26/01/2022 10:36 h | Atualizado em 26/01/2022, 10:59

A Polícia Civil investiga a morte de um pedreiro após uma queda de uma altura de aproximadamente 10 metros enquanto trabalhava em uma obra na manhã de terça-feira (25), no bairro Santa Tereza, em Vitória.

Segundo o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES), a vítima não usava equipamentos de segurança. Ainda de acordo com o Crea-ES, a obra estava sendo realizada de forma clandestina.

"O trabalhador da construção civil, que foi à óbito, não usava Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e caiu de uma altura aproximada de 10 metros. A obra não possui engenheiro responsável, nem Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e estava sendo construída de forma clandestina, em área de difícil acesso, nos fundos de uma residência, dificultando a visualização dos órgãos fiscalizadores", informou o órgão, que enviou uma equipe ao local para uma vistoria técnica após o acidente.

Imagem ilustrativa da imagem Polícia Civil investiga morte de pedreiro que caiu de altura de 10 metros em Vitória
 

Segundo o Gerente de Fiscalização do Crea-ES, Leonardo Leal, o pedreiro havia sido contratado na segunda-feira (24). Era o segundo dia de trabalho dele. "O proprietário tinha contratado o pedreiro na segunda-feira. Era um trabalho simples, mas mesmo assim, precisava de um engenheiro ou uma empresa com registro no Crea. Ele pulava uma janela para ter acesso ao telhado e não tinha andaime. O proprietário disse que avisou para ele levar o cinto de segurança, mas ele não levou e trabalhou mesmo assim", disse o engenheiro civil.

Leonardo contou ainda que o pedreiro se desequilibrou ao cortar uma madeira com uma maquita. "Ele estava andando em cima da madeira que servia de apoio para o telhado. A madeira ficou mais ou menos 10 cm para o lado de fora. Quando ele foi cortar a ponta com a maquita, fez uma força para baixo. Quando ele cortou a madeira, caiu", explicou.

Imagem ilustrativa da imagem Polícia Civil investiga morte de pedreiro que caiu de altura de 10 metros em Vitória
 

O corpo do pedreiro foi encaminhado para o Departamento Médico Legal de Vitória. A Delegacia Especializada de Acidentes de Trabalho (Deat) investiga o acidente.

"A Polícia Civil informa que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Acidentes de Trabalho (Deat). Detalhes da investigação não serão divulgados, por enquanto. O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas", diz a nota enviada pela assessoria da PC.

O presidente do Crea-ES destacou a importância da contratação de profissionais ou empresas legalmente habilitados para executar obras e serviços de Engenharia. “Construção civil é coisa séria. Um engenheiro numa obra garante qualidade, economia e segurança na realização dessas atividades.”, conclui o o engenheiro Jorge Silva.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS