X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Perigo nas férias com obras e mais movimento nas estradas

Fim de semana de férias vai exigir mais atenção de motoristas nas BRs. Alguns trechos estão em obras e outros têm recorde de acidentes

Rafael Gomes e Clóvis Rangel, do Jornal A Tribuna | 17/07/2022 15:39 h

Para os condutores que seguem em direção à BR-262 pela ES-146, a atenção deve ser redobrada
Para os condutores que seguem em direção à BR-262 pela ES-146, a atenção deve ser redobrada |  Foto: Clóvis Rangel
  

O final de semana que começa hoje marca o início das férias escolares de julho, o que resulta em uma movimentação maior nas estradas que cortam o Espírito Santo. Somado a esse movimento mais intenso, obras e condições climáticas indicando chuva acendem o alerta de perigo.

Para os condutores que seguem em direção à BR-262  pela ES-146, um dos alertas é no km 36, na altura do distrito de Cachoeira Alta, em Alfredo Chaves, que passa por uma obra de ampliação da ciclovia.

No local, segundo motoristas,  parte da pista no sentido Vitória está danificada. “É um perigo, pois é um trecho muito movimentado. Estamos  com medo”, afirmou o empresário Kaio Lima, 38 anos, que mora em Alfredo Chaves.

Responsável pela obra, o Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado informou que os serviços vão até março de 2023. 

Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) faz um alerta para o trecho da BR-101 que corta o município da Serra, que segundo o órgão é  o mais perigoso. O trecho campeão de acidentes é o km 264, em Planalto de Carapina. Também geram atenção o km 270, no mesmo município, e o km 149, em Ibiraçu.

A PRF ressalta que o trecho da BR-101 que passa pela Serra está entre os cinco mais perigosos do País.  O policial rodoviário  Izaque Rohr afirma que entre as principais causas de acidente estão a ultrapassagem em local proibido, o excesso de velocidade, o uso do celular e a embriaguez ao volante. “Esses quatro pontos estão presentes na maioria dos acidentes”.

Vale lembrar, ainda, que o trecho norte da BR-101, quase em sua totalidade, não é duplicado, o que também exige cuidados.

Para evitar acidentes, a PRF orienta que os motoristas não façam uso de bebida alcóolica, verifiquem os pneus, palhetas dos limpadores de pára-brisa, itens de iluminação e sinalização.

O órgão ressalta, ainda, a importância da utilização do cinto de segurança, capacete e cadeirinhas para crianças. “Também é importante manter distância de segurança do veículo da frente, e lembre-se que, sob chuva, a distância é ainda maior”, destacou.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS