Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Passageiros vão poder dar sugestões para Aquaviário

| 17/08/2021 18:01 h

Moradores poderão tirar dúvidas e dar sugestões para o Aquaviário que fará o transporte público aquático entre Vitória, Vila Velha e Cariacica. A consulta pública ficará aberta, de forma online, a partir da próxima sexta-feira até o dia 3 de setembro.

Local em Porto de Santana, Cariacica, onde será construído um dos quatro terminais do sistema Aquaviário
Local em Porto de Santana, Cariacica, onde será construído um dos quatro terminais do sistema Aquaviário |  Foto: Douglas Schneider/AT
Ao todo, o sistema terá quatro terminais em formato de píer. Eles ficarão na Prainha, em Vila Velha; na Praça do Papa (Enseada do Suá) e no Centro, em Vitória; e em Porto de Santana, Cariacica.

As obras devem ser iniciadas em setembro nos pontos de embarque de Cariacica e de Vila Velha, após a finalização das etapas do licenciamento ambiental.

Para isso, o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) vai abrir uma consulta pública com a apresentação do Relatório de Controle Ambiental.

“Além de ser parte do processo de licenciamento ambiental e de transparência do projeto, a consulta é uma oportunidade de termos a participação popular para melhorar o sistema”, explicou o subsecretário de Logística e Infraestrutura do Estado, Sérgio Sá.

Após o fechamento da consulta pública, no dia 3 de setembro, o governo do Estado pretende avaliar as propostas por 10 dias e fechar o relatório final.

Caso o licenciamento seja aprovado, as obras começam em setembro.

O prazo para a construção dos quatro terminais é de 11 meses, com investimento de R$ 1,5 milhão para cada uma das estações.

“Seguindo esses prazos, esperamos que a operação do Aquaviário tenha início no próximo ano”, anunciou Sérgio Sá.

O valor da tarifa ainda será definido, mas está prevista a integração com o Sistema Transcol, tendo o Cartão GV como bilhete único.

Com isso, quem pagar a passagem de ônibus e descer no Aquaviário para pegar um barco vai desenbolsar um valor menor para utilizar o serviço aquático. Ou seja, quem for usar somente o Aquaviário paga o valor cheio.

Serão cinco barcos com capacidade para até 150 passageiros. Eles terão internet de graça e espaço para transporte de bicicletas e animais. O número de barcos pode variar de acordo com a demanda e o oferecimento da empresa, que ainda será contratada. Já os itinerários e o tempo de viagem ainda não foram divulgados.
 

Dúvidas

Trajeto dos barcos
Nadir da Silva, 78 anos, aposentada

“Eu moro em Porto Santana, Cariacica, e costumo ir de ônibus para Vitória, mas não sei se vai compensar ir pelo Aquaviário. Qual será o trajeto dos barcos?”
De acordo com o governo do Estado, os barcos vão fazer o trajeto entre os quatro terminais que serão construídos, ou seja, com linhas saindo e chegando na Prainha, em Vila Velha; na Praça do Papa (Enseada do Suá) e no Centro, em Vitória; e em Porto de Santana, Cariacica.

Valor da passagem
Maria Angela gabriel, 52 anos, dona de casa

“Minha dúvida é sobre o valor da passagem, pois, se for muito alto, pode não compensar. Quanto vai custar?”
Segundo o governo do estado, o valor da tarifa ainda será definido, mas está prevista a integração com o Sistema Transcol. Com isso, quem pagar passagem de ônibus e descer no Aquaviário vai pagar um valor menor no barco. Quem usar somente o Aquaviário, paga o valor cheio.

Turismo
Jocimar Rodrigues Santos, 41 anos, comerciante

“O Aquaviário é muito aguardado para o transporte público, mas também seria uma bom passeio turístico. Ele poderá ser utilizado com essa finalidade?”
Sim. Inicialmente, a utilização dos barcos será com o Cartão GV, o mesmo usado para os ônibus do Sistema Transcol. No entanto, a empresa que for operar o sistema e o governo do Estado ainda vão definir como será a venda nos locais de embarque.
 

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS