X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pais e alunos se preparam para retorno das aulas

| 04/10/2020 15:25 h

O retorno das aulas presenciais na rede particular de ensino está autorizado, a partir de amanhã, após o governo do Estado conseguir derrubar a liminar do Sindicato dos Professores do Estado do Espírito Santo (Sinpro-ES) na Justiça, que é contra o retorno no momento.

Com a autorização, algumas escolas estão prontas para receber os alunos, e muitos pais já decidiram se mandam ou não os filhos de volta ao ensino presencial.

Esse é o caso de Leonardo Souza Bergamini e Viviane Barbieri Bergamini. O casal tem dois filhos, que vão voltar à escola. O filho mais velho, Bernardo, 15 anos, aluno do colégio Leonardo da Vinci, em Vitória, começa amanhã.

Segundo Viviane, a expectativa para o retorno é ótima. “Estou confiante no protocolo e nas medidas que a escola tomou”, disse a mãe. O filho mais novo, Marcus Vinícius, 11 anos, volta à sala de aula no próximo dia 13.

Viviane ainda ressaltou que os filhos não se adaptaram muito bem ao ensino a distância. “Não por culpa da escola, mas sim porque o ambiente escolar é mais propício para as aulas. Os alunos sentem falta da socialização”.

A empresária Tatiana Andrade também vai voltar com a filha, Isabella, de 4 anos, para o ensino presencial. “A escola nos informou sobre o retorno e as medidas sobre como vai ser essa volta às aulas. Já estou explicando para minha filha sobre os cuidados e ela está animada para voltar.”

Quem também já está preparada para mandar o filho para a sala de aula é a farmacêutica Camila Albani Ferri. O filho, Gabriel, 10 anos, é aluno da escola São Domingos.

Segundo Camila, ela leu o protocolo que a escola divulgou para os pais, confia no colégio e está segura com o retorno, e que mesmo assim já orienta o filho em casa sobre os cuidados pessoais.

“Com pandemia ou não, sempre o ensinei sobre os cuidados”, revelou Camila, que ainda disse que, por Gabriel ser filho único, sentiu os efeitos do isolamento social.
“Ele não se adaptou bem ao ensino remoto. Se distrai com mais facilidade e sentiu muita falta da socialização com os amigos e o ambiente escolar”, completou.


SAIBA MAIS


Retorno das aulas

  • O governo do Estado autorizou o retorno das aulas presenciais no Espírito Santo no último dia 25.
  • Escolas da rede particular estão autorizadas a retornar com o ensino presencial a partir de amanhã; já a rede municipal e estadual, a partir do dia 13.
  • A autorização não é uma obrigação. Cada instituição de ensino vai decidir a melhor data para o retorno.
  • Algumas escolas já retomam as aulas amanhã, enquanto outras ainda fazem pesquisas com os pais de alunos para alinhar melhor o retorno das aulas.

Fonte: Governo e escolas consultadas.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS