X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Oito mil carteiras de graça para motoristas neste ano

| 24/03/2021 14:25 h | Atualizado em 24/03/2021, 14:51

Quem deseja ou precisa tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas não tem condições para bancar os custos, terá uma chance de obter o documento de graça ainda neste ano.

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES) confirmou que o Programa CNH Social de 2021 será lançado nos próximos dias, com 8 mil vagas.

O Detran adianta que a primeira fase do programa será lançada nos próximos dias. As vagas serão distribuídas para candidatos à primeira habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro).

Também serão beneficiados os condutores já habilitados que querem fazer a mudança de categoria para D (van, micro-ônibus e ônibus) ou E (caminhão e carreta), além de adição de A ou B.

Imagem ilustrativa da imagem Oito mil carteiras de graça para motoristas neste ano

De acordo com o órgão, a distribuição das vagas se dará em etapas, uma vez que os credenciados, clínicas médicas e centros de Formação de Condutores (CFCs), não teriam condições de absorver todo esse montante de candidatos de uma única vez.

Vale lembrar que, durante o período do decreto de quarentena, que está em vigor até o próximo dia 31, os centros de Formação de Condutores estão fechados para atendimento presencial, sendo permitida apenas a abertura de processos de habilitação por meio de atendimento remoto.

No início da atual gestão, o governador Renato Casagrande afirmou que, até o final dos quatro anos de mandato, seriam ofertadas 25 mil vagas no programa. Em 2019, foram 5 mil; em 2020, 7 mil, este ano, serão 8 mil. Para o ano que vem, estão previstas 5 mil vagas.

O governo, por intermédio do Detran, fica responsável pelo pagamento das despesas relativas aos cursos teórico, técnico e de prática de direção, ministrados pelos CFCs, e ainda pelo pagamento de despesas relativas aos exames médicos e psicológicos realizados pelas clínicas credenciadas.

Regras

Para participar, é necessário ter registro no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), com os dados atualizados nos últimos 24 meses.

O candidato também precisa ter 18 anos, morar no Estado e ter renda familiar de até dois salários mínimos (R$ 2.200). Atualmente, o valor, em média, para tirar a carteira de habilitação é cerca de R$ 2 mil.


SAIBA MAIS


CNH Social

  • O projeto distribui vagas para que moradores do Estado possam tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de forma gratuita.
  • A iniciativa é do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES), que arca com os custos da formação do condutor.
  • Número de vagas: 8 mil.

Podem se candidatar

  • Interessados à primeira habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro).
  • Condutores já habilitados que querem fazer a mudança de categoria para D (van, micro-ônibus e ônibus) ou E (caminhão e carreta)
  • Motoristas que querem fazer a adição das categorias A ou B.

Requisitos

  • Ter registro no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico), com os dados atualizados nos últimos 24 meses até o dia 14 de agosto de 2020.
  • Ter 18 anos.
  • Morar no Espírito Santo.
  • Possuir renda familiar de até dois salários mínimos (R$ 2.200).
  • Não estar judicialmente impedido de possuir a CNH.

Inscrições

  • As inscrições serão feitas no site www.detran.es.gov.br. As datas e o prazo para se cadastrar no programa ainda serão divulgados.

Fonte: Detran.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS