X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Obras para ligar ciclovias em Vitória

| 20/10/2020 18:32 h

Operários trabalham na avenida Norte-Sul  nas obras de reforma da  ciclovia, que vai receber nova camada asfáltica
Operários trabalham na avenida Norte-Sul nas obras de reforma da ciclovia, que vai receber nova camada asfáltica |  Foto: Fábio Nunes/AT

Trinta quilômetros de ciclovias no município de Vitória serão reformados até o fim do ano. Com investimentos de R$ 6,2 milhões, o objetivo é recuperar a malha cicloviária e fazer uma ligação com as ciclorrotas que estão sendo implantadas na capital.

A ciclorrota consiste na destinação de uma rua inteira para as bicicletas, mas com uso compartilhado com os carros. Diferente do modelo de ciclovia, na ciclorrota o ciclista pode transitar na frente do veículo, ou seja, no meio da pista mesmo, sempre tendo a prioridade.

Essas rotas fazem a ligação entre duas ciclovias que não se encontram, como por exemplo as avenidas Beira-Mar e Vitória. Com isso, as obras de recuperação estão concentradas nessas ciclovias que já existem nas avenidas.

Estão contempladas as ciclovias em avenidas como Norte-Sul, Serafim Derenzi, Dante Michelini e Fernando Ferrari, além de bairros como Jardim Camburi, Mangue Seco, Enseada do Suá e Centro.

“O objetivo é recuperar toda a ciclovia e fazer a nova sinalização para conectá-las com as ciclorrotas. Dos 30 quilômetros, 19,79 km já estão em execução”, afirmou o secretário da Central de Serviços, Marcos Aranda.

Toda a camada asfáltica será retirada para a aplicação de um novo asfaltamento e pintura. Além disso, será feita a microdrenagem nas ciclovias onde a água da chuva costuma empoçar. Por fim, será feita a nova sinalização indicando as ciclorrotas, segundo Aranda. “As obras serão concluídas até o fim do ano”, ressaltou.

Na Ponte de Camburi, o canteiro central está sendo reduzido para que a ciclovia compartilhada entre ciclistas e pedestres ganhe mais espaço. A pista para veículos vai continuar do mesmo tamanho.

Até o momento, seis bairros de Vitória já contam com ciclorrota: Goiabeiras, Jardim Camburi, Jardim da Penha, Bento Ferreira, Ilha de Santa Maria e Forte São João. Nas vias, a velocidade máxima para veículos foi reduzida para 30 km/h.

No planejamento da Prefeitura de Vitória, o próximo bairro a receber a ciclorrota é Nova Palestina ou Redenção, na Grande São Pedro. Também vão receber ruas como essas os bairros Mata da Praia, Bairro República, Praia do Canto e Itararé.


Saiba mais


Diferença entre ciclovia e ciclorrota

Ciclovia

  • Na ciclovia, que já é mais tradicional, uma parte da via é separada da faixa de veículos para o tráfego de bicicletas.

  • Ela pode ser separada por um meio-fio (como na Orla de Camburi), por tachões (Rodovia Serafim Derenzi) ou barreira de proteção (Leitão da Silva e Avenida Vitória).

Ciclorrota

  • Na ciclorrota, que começou a ser instalada este ano em Vitória, toda a rua pode ser usada pelo ciclista, de forma compartilhada com os outros veículos, a exemplo de carro e moto.

  • O ciclista pode transitar na frente do veículo, ou seja, no meio da pista, sempre tendo a prioridade. Para que isso seja feito de forma segura, a velocidade máxima da via é reduzida para 30 km/h e a via é pintada com faixas de bicicletas, além da colocação de placas.

  • O objetivo é fazer a ligação segura entre dois locais da cidade que já contam com ciclovias em ruas e avenidas.

Obras em ciclovias

  • Serão 30 km de ciclovias reformadas: avenida Norte-Sul; rodovia Serafim Derenzi; avenida Dante Michelini; Praia de Camburi; Mangue Seco (Andorinhas); Hortomercado ao Shopping Vitória; avenida Munir Hilal; avenida Fernando Ferrari; trecho em frente ao Posto Iate; avenida Rio Branco; região da Codesa até a Praça Oito (Centro); e Pista de Bicicross (Jardim Camburi).

  • O investimento para a obra é de R$ 6,2 milhões.

Implantação de ciclorrota

  • Seis bairros de Vitória já contam com essas vias: Goiabeiras, Jardim Camburi, Jardim da Penha, Bento Ferreira, Ilha de Santa Maria e Forte São João.

  • Os próximos serão: Grande São Pedro, Mata da Praia, Bairro República, Praia do Canto e Itararé.

  • Fonte: Prefeitura de Vitória e pesquisa A Tribuna.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS