Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Novas igrejas abertas nos bairros durante pandemia

Em 2020, em um ano marcado pelo forte isolamento social da doença, o Estado ganhou mais 104 igrejas – média de uma nova a cada três dias

Eliane Proscholdt e Francine Spinassé, do jornal A Tribuna | 13/05/2022 19:28 h

A manifestação da fé é demonstrada pela quantidade de novas igrejas  que estão sendo abertas na Grande Vitória.

Cariacica, por exemplo,  possui 845 igrejas registradas na prefeitura. Uma média de três igrejas registradas abertas por mês neste ano, segundo a  Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo.

Em Vitória,  no ano passado, foram 34 novos registros.  Neste ano, duas. 

Com sede em Belo Horizonte, Minas Gerais,  a Igreja Batista da Lagoinha está presente no Estado com unidades em Vitória, Vila Velha, Serra, Guarapari, Cachoeiro de Itapemirim, Aracruz e Colatina.

Em agosto deste ano, a unidade da Ilha de Santa Maria, na capital, completa um ano, como observa o  pastor Fagner de Almeida  e outros  membros da congregação. 

“A  igreja está envolvida  em causas sociais e  disponível a atender os moradores da região, a servir a comunidade  com eventos, bazares, cultos na praça e programas de rádio”,  contou  o líder de comunicação da igreja Batista Lagoinha, Rodolfo Elias.

 Vila Velha informou que 48 igrejas foram abertas no período de 2021 até hoje. Atualmente, 432  estão ativas no município no cadastro imobiliário.

A Secretaria da Fazenda da Serra informou que está com cadastro ativo de 385 atividades de organizações religiosas. Em 2021 foram 47 novos cadastros.

Pandemia

Nem mesmo a pandemia de covid-19 conseguiu  conter o crescimento do número de igrejas no Estado no primeiro ano de circulação do vírus. Em 2020, em um ano  marcado pelo forte isolamento social da doença, o Estado ganhou mais 104 igrejas – média de uma nova a cada três dias. 

Os dados, na ocasião, foram passados pela  Receita Federal. E o número ainda poderia ser ainda maior,  já que muitos locais  funcionam de forma informal, ou seja, sem registro perante as prefeituras e o fisco.

Na Grande Vitória, a Serra liderava o número de novos templos, seguido de Vila Velha,  Cariacica e  Vitória. 

Dados da Receita Federal mostravam, ainda, que o Espírito Santo só perde para o Rio de Janeiro na quantidade de instituições religiosas por habitante: 2,05 a cada mil pessoas.

- Vitória

Total de novos registros: No ano passado,  34. Nesse ano, duas.

- Serra

Está com cadastro ativo de 385 atividades de organizações religiosas. Em 2021 foram 47 novos cadastros.

- Vila Velha

No município, 48 igrejas foram abertas no período de 2021 até hoje. 

- Cariacica

O município possui 845 igrejas registradas. Uma média de três abertas por mês neste ano.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS