X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Cidades

Nasce primeiro bebê em nova maternidade na Serra

Hospital Municipal Materno Infantil, em Colina de Laranjeiras, Serra, foi inaugurado neste sábado (19) e vai funcionar 24h por dia para os atendimentos


Imagem ilustrativa da imagem Nasce primeiro bebê em nova maternidade na Serra
Nasce primeira bebê, em nova maternidade na Serr |  Foto: Divulgação/ Hospital Municipal Materno Infantil

Inaugurado neste sábado (19), o novo Hospital Municipal Materno Infantil, em  em Colina de Laranjeiras, na Serra, já registrou o nascimento do primeiro bebê na unidade de saúde. A criança, uma menina, nasceu na nesta manhã e recebeu o nome de Vitória.   

O novo hospital começou a funcionar por volta das 07 horas de hoje e é direcionado à grávidas que precisam de atendimento médico de risco baixo e moderado.

Em suas redes sociais, o prefeito da Serra, Sérgio Vidigal comentou sobre o nascimento do bebê e parabenizou a família. “Recebi com muita alegria a notícia de que nasceu, às 11h34, o primeiro bebê no nosso Hospital Municipal Materno Infantil! É uma menina, vai se chamar Vitória e é do bairro São Diogo. Parabéns à família!”, declarou Vidigal

Na unidade, também poderão ser atendidos mulheres e homens vítimas de violência física e sexual. Os pacientes contarão com o atendimento de uma equipe multidisciplinar, com médico, psicólogo e assistente social.

Imagem ilustrativa da imagem Nasce primeiro bebê em nova maternidade na Serra
leito para grávidas: 638 partos de risco habitual serão feitos por mês |  Foto: Leone Iglesias/at

Inicialmente, no local, serão atendidas somente gestantes de risco habitual (não grave). A partir de abril, quando serão implantadas as unidades de urgência e emergência, mulheres com gravidez de risco alto também passarão a ser atendidas. 

De acordo com o prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, a ida da paciente à nova maternidade poderá ser direcionada pelo pré-natal em  unidades de saúde do município ou por meio do pronto-socorro, que não precisa de encaminhamento.

“Vamos garantir que as gestantes que fizeram pré-natal nas nossas unidades tenham garantia de que terão seus bebês no nosso Materno Infantil, mas isso não impede que qualquer gestante possa ir, pois vai estar funcionando 24 horas”, ressaltou o prefeito. 

A partir de abril, a unidade contará também com cirurgias ginecológicas e pediátricas eletivas de baixa complexidade. Entre elas, estão cirurgias para tratar miomas, cisto no ovário, hérnia e laqueadura. 

“Esses pacientes deverão passar, obrigatoriamente, pela rede da prefeitura para poderem ser referenciados e se submeterem a qualquer tipo de procedimento no Materno Infantil”, afirmou o prefeito.

 A unidade irá substituir a Maternidade Coronel Leôncio Vieira de Rezende, conhecida como Maternidade de Carapina, que funciona há cerca de 30 anos e encerrou as atividades ontem.

Em breve, o espaço ficará fechado para reforma. A previsão é de que, até o fim do ano, a unidade vire um centro de especialidade, com mais de 40 especialidades, de acordo com o prefeito da Serra.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: