X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Motorista deve receber indenização após ter carro detido de forma indevida

Representante comercial deve receber R$ 725,14 reais pelos dandos materiais e R$ 6 mil pelos danos morais sofridos

Nathália Cerri Cantarela | 04/08/2022 19:49 h

Um representante comercial deve ser indenizado pelo prejuízo e danos morais sofridos após ter seu carro apreendido indevidamente. O veículo ficou detido por 4 dias pela infração de não estar com licenciamento regularizado, porém o pagamento já havia sido feito há 7 meses.

O motorista entrou com uma ação contra o departamento de trânsito (Detran) e foi constatada a ilegalidade da apreensão. Como o representante comercial utiliza o veículo para atender seus clientes, a ausência do carro causou a ele um prejuízo material de R$ 725,14. 

Além disso, o homem deve receber mais 6 mil reais pelos danos morais sofridos, pelo fato do automóvel ter sido tirado dele indevidamente e com isso ele ser impedido de cumprir seus compromissos. Com isso ele deve receber o total de R$ 6.725,14 pelos danos morais e materiais sofridos. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS