X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Cidades

Moradores de Vitória relatam intoxicação de cães e Secretaria investiga

Relatos de mortes de cães após passeios em áreas da capital assustaram tutores e levaram técnicos da Semmam à realizar análise


Imagem ilustrativa da imagem Moradores de Vitória relatam intoxicação de cães e Secretaria investiga
Praça dos Namorados foi um dos locais citados por donos de pets |  Foto: Beto Morais - Arquivo/AT

Tutores de pet de alguns bairros de Vitória estão preocupados após surgirem diversos relatos nas redes sociais de intoxicação e até mortes de cães na região da Mata da Praia, Bento Ferreira e Jardim da Penha. 

Os casos teriam acontecido após os donos levarem os animais em passeios pelas ruas desses bairros e próximo à Praça dos Namorados. Nesta quinta-feira (15) técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) estiveram nos locais apontados pelos moradores para analisarem as áreas ajardinadas.

Leia outras notícias de Cidades aqui

A publicitária Graziela, tutora do Cookie, contou que no final do mês passado caminhava com o pet pela Praça dos Namorados quando ele começou a apresentar sinais de intoxicação depois de cheirar a grama. Ela conta que percebeu o cão com as mucosas brancas e dilatação no abdômen e correu com ele até uma clínica.

"Foi desesperador, ele ficou mole. Não tem como dizer o que ele inalou, se foi veneno, se foi droga. Ele teve alteração hepática que confirmou o envenenamento no organismo e ainda está fazendo tratamento com medicações para se recuperar", contou.

Outros relatos de casos semelhantes e até em que os cães morreram circulam nas redes sociais. Luísa Bustamante tem um comércio no ramo de pets e recebeu em um grupo de vendas diversos relatos sobre outras intoxicações.

"Pessoas chegaram com esses relatos para mim, de que houve pelo menos quatro mortes de cachorros na Mata da Praia, Bento Ferreira e Jardim da Penha. Os tutores de cachorro estão desesperados" afirmou. 

A dúvida sobre a possibilidade de algo estar envenenando os cães nas áreas ajardinadas da região levou a Secretaria a enviar os técnicos para uma análise. Em nota, a Semmam declarou que os servidores não encontraram substâncias que pudessem prejudicar a saúde dos animais.

A secretaria informa, ainda, que as áreas verdes da capital contam com tratamento fitossanitário, mas "os produtos utilizados são inspecionados e liberados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), não possuindo potencial de causar mal súbito em animais domésticos". 

A Semmam ressaltou ainda que os moradores que passarem por situações de intoxicação suspeitas com seus pets devem registrar ocorrência por meio do 156 informando o endereço correto para melhor análise da equipe. A secretaria ainda enfatizou que  "trabalha e desenvolve políticas públicas visando garantir o bem-estar dos animais domésticos que circulam pelos espaços públicos da cidade". 

Assista a reportagem da TV Tribuna/SBT

LEIA TAMBÉM:

Novo mergulhão para melhorar o trânsito na Serra

Família de gerente de banco será indenizada após sequestro em Vila Velha

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: