X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Moda sustentável: estilo de sobra sem gastar muito

Tendência agora é aproveitar as mesmas peças de roupa em diferentes ocasiões. Especialistas dão as dicas ao leitores

Isabella de Paula, do jornal A Tribuna | 01/08/2022 17:58 h

Mais com menos! Aquela velha história de que repetir roupa é cafona ficou no passado e a  tendência agora é dar vida a uma mesma peça em diferentes ocasiões.

Especialistas em vestuário e imagem dão dicas de como se reinventar diante de poucas opções no armário e ainda economizar em grande estilo.

A personal stylist Hemi Gimenes destaca que as redes sociais são grandes aliadas na hora de oferecer ideias para se vestir bem, repetindo  peças do armário. 

“As redes sociais têm ajudado muito com isso, temos dicas distribuídas por todos os lados, é muito interessante como hoje uma camiseta não é apenas uma camiseta ou uma saia não é só uma saia”, diz.

Uma das recomendações da personal é o guarda-roupa harmônico, seguindo as referências pessoais de cada pessoa. “Sempre alerto às clientes que, se as suas peças do armário conversam com sua personalidade, você não terá dificuldade na hora de se vestir, mesmo com menos opções”. 

A consultora de imagem e estilo Ludmilla Giacomelli aponta que o maior benefício dessa prática está na economia. “Quando você repete uma roupa, evita um novo gasto o tempo todo. Com um guarda-roupa inteligente, com peças que combinam entre si, você multiplica seus looks com os mesmos produtos, é uma economia e tanto”, diz.  

Jani Valença, consultora de imagem e estilo, diz que a criatividade  faz toda a diferença na hora de montar um look. “A moda nos permite a criatividade hoje.  Ao contrário do que dizem, repetir roupa é chique! Se você inovar em acessórios, incrementar uma terceira peça, tudo é válido”, destaca.

Jani deixa uma dica de ouro para as consumidoras não errarem na compra do vestuário. “Antes de comprar uma peça, a pessoa precisa pensar, no mínimo, em três possibilidades de combinações com outros produtos de seu armário. Caso não consiga, não compre, não vale a pena”, recomenda.

A influenciadora digital Larissa Hoffman, de 26 anos, que atua no ramo da moda e produção de conteúdo, indica o blazer como uma peça coringa de qualquer armário.  

“O blazer é um investimento muito bom, porque vai do casual ao formal, e serve como uma terceira peça, principalmente durante o inverno”, explica.

“Outros exemplos de peças-chave  são a calça jeans reta, wide leg ou pantalona, que são modelagens que encaixam bem aos diferentes corpos”.

Influenciadora digital Larissa Hoffman, de 26 anos
Influenciadora digital Larissa Hoffman, de 26 anos |  Foto: Kadidja Fernandes/AT
 

1) All black

A influenciadora digital Larissa Hoffman, de 26 anos, ensina o público feminino a   usar o blazer como uma terceira peça  em ocasiões formais. Na foto, ela usa a peça de forma monocromática, all black.

2) Look despojado

Outra opção possível com o blazer, mostrada pela influenciadora digital, é ideal para usar no dia a dia. Na foto, ela veste um cropped com short jeans e blazer preto.

3) Para usar à noite

Uma terceira alternativa de look para curtir à noite sem perder o estilo, apresentada por Larissa, é o cropped neon com short preto de tecido e o blazer como uma terceira peça charmosa.

DICAS DE MODA

Antenada nas tendências 

Na foto, a influenciadora digital Graciely Cardozo, de 26 anos.
Na foto, a influenciadora digital Graciely Cardozo, de 26 anos. |  Foto: Divulgação
 

A influenciadora digital Graciely Cardozo, de 26 anos, conta que acumula peças coringa no armário. “A camiseta branca e o jeans básico sempre são peças importantes de ter no armário”, destaca.

Graciely compartilha que nunca perde uma novidade das principais plataformas de moda. 

“Sempre acompanho as novas plataformas de moda, principalmente as que competem com as grandes marcas, por terem peças mais em conta para comprar”, diz. 

Unir estilo a custo-benefício

Na foto, a influenciadora digital Samanta Teixeira, 32 anos.
Na foto, a influenciadora digital Samanta Teixeira, 32 anos. |  Foto: Douglas Schineider/AT
  

Para a influenciadora digital Samanta Teixeira, 32 anos, que atua no ramo da moda, as redes sociais proporcionam ao consumidor uma ideia de como é possível unir estilo e acessibilidade. 

“Podemos ser muito estilosas gastando pouco. Acredito que a internet possibilitou esse acesso”. 

Para ela, as influenciadoras, consultoras de imagens e até as próprias marcas acabam criando conteúdos dando várias dicas de moda, o que facilita a busca.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS