X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Menino de 11 anos liga para a polícia e pede comida para a família

Na ligação, a criança é sincera, diz que tem cinco irmãos e não há comida em casa

Redação Tribuna Online, com informações do SBT News | 04/08/2022 12:15 h

Um pedido de ajuda feito por uma criança ao 190, na última terça-feira (02), sensibilizou policiais do 35º batalhão da Polícia Militar de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Miguel Barros, de 11 anos, apelou para as autoridades para tentar dar fim a uma situação que incomodada a ele, a mãe e os irmãos há dias: a fome.

Na ligação, a criança é sincera, diz que tem cinco irmãos e não há comida em casa, só farinha e fubá.

"Estou com fome, Não tem nada para comer, desde cedo", afirmou.

Inicialmente, a polícia suspeitou de maus-tratos, mas ao chegar ao local, os agentes encontraram uma casa limpa e arrumada, e crianças bem cuidadas.

Aos policiais, a mãe, Célia Arquimino Barros, de 46 anos, contou que o filho a viu chorando e disse 'mãe, eu sei quem vai nos ajudar: a polícia'.

De acordo com as autoridades, Célia tentava driblar a fome dos filhos com água e fubá. Beneficiária do auxílio emergencial, ela não pode sair para trabalhar porque não consegue vaga para os filhos nas unidades municipais de Educação Infantil.

Sensibilizados com a situação, os agentes se uniram para comprar uma cesta básica para que a mãe pudesse alimentar a família. Mas ao compartilhar a história com o dono do mercado, foram surpreendidos por mais um gesto de solidariedade. O homem doou os mantimentos.

Assista a reportagem completa:

 

SBT News
 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS