Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mais de 47 mil vão fazer provão para ter diploma

| 25/08/2021 18:44 h

Jovens e adultos terão a oportunidade de obter o certificado de ensino fundamental ou médio por meio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). A prova será realizada gratuitamente no próximo domingo e conta, no Espírito Santo, com 24.369 pessoas inscritas para o ensino fundamental e 22.828 para o ensino médio.

O vigilante Mário Talmo de Oliveira, de 41 anos, está em  busca de crescimento profissional.
O vigilante Mário Talmo de Oliveira, de 41 anos, está em busca de crescimento profissional. |  Foto: Dayana Souza/at
“É uma grande oportunidade para todas aquelas pessoas que não conseguiram concluir o estudo, em qualquer etapa da vida”, afirmou a gerente de avaliação da Secretaria de Estado da Educação (Sedu), Endy de Albuquerque Silva. prova

A prova será aplicada em 14 municípios capixabas, em mais de 85 escolas. Devido à pandemia da covid-19, em 2020, os estudantes não puderam realizar o exame e, por isso, neste ano, a edição é referente ao ano passado.

Para participar da prova não é necessário estar estudando. As pessoas que não concluíram o ensino fundamental e possuem pelo menos 15 anos de idade vão fazer o teste, que será realizado no período matutino. Já os que têm 18 anos ou mais e não terminaram o ensino médio farão a avaliação à tarde, para obter o certificado.

O professor de Língua Portuguesa Ricardo Costa, da Escola Hildebrando Lucas, Polo de Educação de Jovens e Adultos (EJA), acredita que a realização do provão é uma forma de promover a inserção dessas pessoas na sociedade e o seu retorno para o mercado de trabalho.

Além disso, ele destacou a importância do exame ao passo que leva em consideração a bagagem do aluno e sua história de vida.

“O foco é promover mudança de vida no âmbito social e ter o prazer de concluir os estudos”, afirmou o professor.

Já o professor de Matemática do Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (Ceeja) Vitória, Rogério da Silva Santos, afirmou que, além de ser uma promoção para dar prosseguimento aos estudos, é uma chance de aqueles que por algum motivo não conseguiram concluí-los obterem o certificado.

“Muitos empregos exigem a declaração de conclusão. Por isso, essa é uma oportunidade que precisa ser divulgada cada vez mais”, explicou.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS