X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mãe de homem vestido de mulher já havia sido reprovada 3 vezes em prova de direção

| 12/12/2019 18:15 h | Atualizado em 13/12/2019, 11:02

Imagem ilustrativa da imagem Mãe de homem vestido de mulher já havia sido reprovada 3 vezes em prova de direção

A mãe do homem de 43 anos, preso maquiado e disfarçado ao tentar fazer a prova prática de direção no lugar dela, foi reprovada no exame três vezes somente este ano. A informação é da presidente da Comissão Avaliadora do Detran de Rondônia, Aline Mendonça.

Como o homem apresentou a identidade original da mãe, ele foi questionado pelos policiais sobre por que teria feito tudo aquilo para tentar fazer a prova.

A funcionária do Detran conta que ouviu a explicação do suspeito: "Ele disse que furtou os documentos da mãe, foi até a autoescola, imprimiu e pagou a taxa do reteste, sem ela saber de nada, que tudo foi planejado por ele mesmo. Acho que teve pena da mãe ter reprovado três vezes".

No dia do flagrante, foi o dono da autoescola onde ele fez a inscrição se passando pela mãe que alertou o Detran de que algo estava errado.

"Achei que ela estava embriagada, em um primeiro momento. Como tinha muita gente para avaliar, deixei ela por último. Quando percebi que a aluna na verdade era um homem, resolvi dar andamento normal na prova e esperar que a Polícia Militar tomasse as providências", disse Aline.

O homem foi indiciado pelos crimes de falsidade ideológica e tentativa de estelionato. O suspeito ficou preso durante a tarde e a noite da terça-feira (10). Na manhã da quarta, foi liberado pela Justiça.

A reportagem não conseguiu localizá-lo nem à mãe dele.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS