Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Lixo pega fogo dentro de caminhão e assusta trabalhadores em Cachoeiro

| 03/03/2021 12:12 h | Atualizado em 03/03/2021, 12:23

Fumaça saindo de caminhão coletor de lixo
Fumaça saindo de caminhão coletor de lixo |  Foto: Alessandro de Paula
Coletores que trabalhavam na manhã desta quarta-feira (3) recolhendo lixo urbano em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado, se assustaram após o compartimento de lixo do caminhão pegar fogo. Produtos químicos que estavam em meio às sacolas plásticas podem ter começado o incêndio.

Assustados com a quantidade de fumaça que saía do compartimento, o motorista do caminhão levou o veículo ao pátio do Batalhão do Corpo de Bombeiros, que utilizou mangueiras de combate a incêndio para resfriar o compartimento de lixo.

“O caminhão adentrou o quartel já enfumaçando. Na mesma hora, desenrolamos as mangueiras e combatemos o incêndio, que estava no lixo apenas. Não afetou, em primeira análise, a estrutura do caminhão”, disse o sargento do Corpo de Bombeiros, Solimar Barbosa Borges.

Após combater o incêndio, os bombeiros retiraram o lixo para descobrir o que ocasionou o fogo. Entre os produtos encontrados pelos bombeiros estavam químicos como ácido diluído em água, formol, aromatizantes e soda cáustica.

“Estes produtos químicos podem ter causado a ignição do incêndio, mas isso precisa ser analisado por perícia mais apurada”, ressaltou o sargento.

Segundo um dos trabalhadores que estavam no caminhão, a fumaça começou a sair depois que eles recolheram lixo em frente a uma unidade de saúde no bairro BNH. Preocupado, o motorista seguiu direto para o Batalhão do Corpo de Bombeiros, que é perto do local.

Os trabalhadores, no entanto, não souberam precisar se estes produtos estavam de fato em frente à unidade de saúde.

A prefeitura informou que os produtos químicos encontrados no compartimento de lixo do caminhão não vieram do posto de saúde do bairro, uma vez que esses materiais não são utilizados nestas unidades de saúde.

Além disso, informou a prefeitura, os lixos produzidos dentro de unidades de saúde são recolhidos por veículos específicos para este tipo de material. Não ficam junto com lixo doméstico.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS