X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Justiça determina retirada de outdoor com mensagem homofóbica em Aracruz

Na decisão, divulgada na noite da última sexta-feira (22), foi dado o prazo de 24 horas para que o painel seja removido

Redação Tribuna Online, com informações da TV Tribuna | 23/07/2022 17:32 h

Imagem ilustrativa da imagem Justiça determina retirada de outdoor com mensagem homofóbica em Aracruz

A Justiça determinou a retirada de um outdoor com mensagem homofóbica instalado por uma igreja evangélica em Aracruz. Na decisão, divulgada na noite da última sexta-feira (22), foi dado o prazo de 24 horas para que o painel seja removido.

Caso contrário, a Primeira Igreja Batista, responsável pela instalação, terá que pagar multa diária de dois mil reais. A igreja também está proibida de veicular mensagens de caráter preconceituoso ou discriminatório à comunidade LGBTQIA+.

O painel foi instalado há quinze dias. Nele, as cores do arco-íris, que representam a comunidade LGBTQIA+, caem como uma chuva. E há quatro pessoas representando pai, mãe, filho e filha segurando um guarda-chuva. O outdoor ainda traz uma mensagem que afirma que a bíblia é a única proteção contra o ativismo LGBTQIA+. O cartaz foi alvo de duras críticas nas redes sociais.

A decisão foi tomada após uma ação movida pelo Ministério Público do Espírito Santo, que destaca os direitos de liberdade de expressão e de crença religiosa previstos pela constituição. Mas afirma que esses direitos não podem ser exercidos sem qualquer limitação ou com desrespeito a direitos assegurados a outros cidadãos. A igreja tem o prazo legal de 15 dias caso queira recorrer da decisão.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS