X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Irmã de chargista de A Tribuna morre após cair de penhasco em montanha do Peru

Maria Lucia Paternostro Rodrigues era servidora do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e estava de férias

Redação Tribuna Online, com informações de UOL | 03/08/2022 12:44 h | Atualizado em 04/08/2022, 11:40

Maria Lucia Paternostro
Maria Lucia Paternostro |  Foto: Reprodução / Redes sociais
 

Uma turista brasileira, de 46 anos, morreu após cair de um penhasco nos Andes Peruanos, na segunda-feira (1). De acordo com o portal UOL, a vítima foi identificada como a servidora do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Maria Lucia Paternostro Rodrigues. Ela, que morava no Distrito Federal e estava de férias, é irmã do chargista de A Tribuna Julio Paternostro, o Pater. 

Amigos relataram que o acidente aconteceu enquanto Maria fazia uma trilha no penhasco. O local onde ela caiu é de difícil acesso e, por isso, o corpo dela só foi localizado na terça-feira (2) e ainda está em processo de resgate. 

Maria era formada em Letras e em Direito, além de pós-graduada em Direito Público. Ela ingressou no STJ em 2003 e, atualmente, exercia o cargo de assessora-chefe do Núcleo de Gerenciamento de Precedentes e de Ações Coletivas (Nugepnac). A servidora deixa uma filha de 12 anos.

Em nota, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Humberto Martins, lamentou a morte da servidora. Segundo o ministro Humberto Martins, a assessora-chefe se destacava pelo saber jurídico exemplar, pela dedicação ao trabalho e pela gentileza e prestatividade no dia a dia com os colegas.

Maria Lúcia e o presidente do STJ, ministro Humberto Martins
Maria Lúcia e o presidente do STJ, ministro Humberto Martins |  Foto: Divulgação / STJ
 

"O Tribunal da Cidadania está de luto! Expressamos nossa absoluta tristeza pela partida da nossa valorosa servidora Maria Lucia Paternostro Rodrigues. Ela honrou e dignificou não apenas o STJ, mas também todo o Poder Judiciário e o sistema de Justiça. A sua história de vida é um exemplo de entrega com excelência e amor à causa da cidadania brasileira. Que Deus, em sua misericórdia infinita, conforte e fortaleça todos os familiares e amigos", declarou o presidente do tribunal.

Outros ministros do STJ também lamentaram a morte de Maria. Entre eles, Paulo de Tarso Sanseverino, Ricardo Villas Bôas Cueva, Marco Aurélio Bellizze e Moura Coelho

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS