X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Gato vira o preferido das famílias

Número de gatos presentes nos lares brasileiros aumentou de 25,6 milhões em 2020 para 27 milhões em 2021

Eduardo Maia, do Jornal A Tribuna | 03/08/2022 14:08 h

Os felinos subiram 6% no ranking de animais preferidos das famílias do País
Os felinos subiram 6% no ranking de animais preferidos das famílias do País |  Foto: Pixabay
 

O costume das pessoas em achar que gatos não são bons animais de estimação aparenta estar ficando no passado. É o que indica a nova pesquisa realizada pelo Censo Pet IPB. 

De acordo com o instituto, o número de gatos presentes nos lares brasileiros aumentou de 25,6 milhões em 2020 para 27 milhões em 2021. Somado a isso, a taxa de adoção dos felinos no Brasil tem aumentado mais do que a dos cães sem raça definida.

Esse crescimento também vem sendo notado no Espírito Santo. De acordo com a  voluntária e organizadora do abrigo Patinhas Carentes, Marina Mello, os amantes de animais têm procurado cada vez mais por felinos nos últimos anos. 

“Isso acontece, principalmente, porque muitas famílias moram em espaços reduzidos, como  apartamentos. O mito de que gatos não gostam dos donos tem caído por terra”, explicou.

Outro possível motivo apresentado por Marina é a questão da pandemia da covid-19. 

“Naquela época, as pessoas ficaram mais sozinhas e houve aumento nas adoções, sobretudo de gatos”, pontuou.

Já a veterinária Lubiane Pereira faz questão de lembrar as principais características dos felinos.

“São animais que se adaptam bem aos ambientes. As famílias procuram adotá-los pois não é preciso levar para passear. Eles fazem as necessidades na caixa de areia e são mais independentes”, explicou.

A microempreendedora Helena Serrate, 30, é dona de dois felinos que foram resgatados. 

“A Juju precisava de um lar temporário, pois estava se recuperando de uma doença. Depois da recuperação, o lar momentâneo passou a ser definitivo. Meses depois, acabei trazendo outra gata, a Malu, para completar a nossa família”, contou.

“Não imagino minha vida sem eles”

A jornalista Thaís Tomazelli, 28, moradora de Vila Velha, é dona de dois gatos
A jornalista Thaís Tomazelli, 28, moradora de Vila Velha, é dona de dois gatos |  Foto: Douglas Schineider/AT
 

A jornalista Thaís Tomazelli, 28, moradora de Vila Velha, é dona de dois gatos. Serena Williams, de três anos, e Jubileu, de dois. Ambos adotados, são considerados parte da família.

“Não imagino minha vida sem eles. Há muito companheirismo entre nós. Quando estou em um dia ruim, eles chegam perto e parecem saber disso”, reflete.

 Serena ganhou esse nome em homenagem à tenista e foi adotada em um site. Ela foi  o último filhote da ninhada a encontrar um lar. 

Jubileu foi resgatado da rua. Segundo Thaís, é um gato temperamental e carinhoso ao mesmo tempo. 

SAIBA MAIS 

Felinos subiram 6%  no ranking

Crescimento

- Os gatos registraram aumento na preferência dos brasileiros entre 2020 e 2021.

Números

- Os felinos subiram 6% no ranking de animais preferidos das famílias do País, enquanto os cachorros sem raça definida (SRD)  registraram aumento de   4%.

- Em um ano, o número de gatos domésticos subiu de 25,6 milhões para 27,1 milhões.

Fonte: Censo PET IPB.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS