X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Fiscalização encerra culto com duas mil pessoas e interdita igreja

| 26/02/2021 00:35 h | Atualizado em 26/02/2021, 00:45

Imagem ilustrativa da imagem Fiscalização encerra culto com duas mil pessoas e interdita igreja
Agentes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) contra a propagação da Covid-19 interditaram, no fim da noite de quarta-feira (24), um culto religioso com mais de duas mil pessoas em uma igreja no bairro Batel, em Curitiba.

O caso ocorreu justamente no dia em que a capital paranaense decretou o retorno a bandeira laranja, com mais restrições ao comércio no município.

Os responsáveis pelo evento foram levados para delegacia, assinaram um Termo Circunstanciado, e foram liberados. As informações são do site G1.

A prefeitura de Curitiba informou que, "no momento da incursão, mais de 2 mil pessoas participavam de um evento, contrariando os protocolos sanitários estabelecidos para o momento", afirmou em nota.

"Não é muita gente porque aqui a gente tinha álcool em gel e todo mundo de máscara", disse uma das participantes. Ao ser questionada se ela não tinha medo da aglomeração, a resposta foi: "Não, eu não tenho medo. E os botecos? Os botecos estão cheios", argumentou.

Durante a ação, foram aplicadas três multas, que somaram R$ 150 mil. Os autos foram expedidos, segundo a prefeitura, porque além da realização do evento em desacordo com os protocolos sanitários, havia falta de controle do número de pessoas e de distanciamento de 1,5 metro entre os participantes.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS