X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Feira na Praça do Papa com arte e culinária

| 23/10/2020 21:52 h | Atualizado em 23/10/2020, 22:04

Funcionários preparam espaço onde será realizado o evento, entre os dias 6 e 14 do próximo mês, em Vitória
Funcionários preparam espaço onde será realizado o evento, entre os dias 6 e 14 do próximo mês, em Vitória |  Foto: Dayana Souza/ AT

Uma feira que reúne artesãos de todo o Estado e tem, entre as suas atrações, a culinária típica capixaba, vai acontecer em Vitória no próximo mês. A ArteSanto começa no dia 6 de novembro, na Praça do Papa, na Enseada do Suá. A entrada é gratuita.

Serão cerca de 300 expositores, com a venda de mais de cinco mil tipos de produtos.

Por conta da pandemia, algumas medidas de segurança serão adotadas, como uso obrigatório de máscara e aferição de temperatura, de acordo com o presidente do Espírito Santo Convention & Visitors Bureau, que organiza a feira, Alfonso Silva.

São esperadas cerca de 27 mil pessoas durante nove dias, mas, seguindo o protocolo de segurança em função da Covid-19, apenas 800 pessoas poderão visitar o espaço por vez.

“Vamos contar com sistema de reconhecimento facial, para controlar a entrada e saída de visitantes. Ao atingir o limite de pessoas, os visitantes do lado de fora entram, enquanto outros forem saindo”, destacou Alfonso.

O evento também vai contar com fluxo único de pessoas, com uma entrada e uma saída, para evitar aglomeração.

Entre os produtos vendidos na feira estão panelas de barro, artesanato indígena, peças à base de madeira, fios e tecidos, bordados, tapetes, conchas, cerâmica, instrumentos musicais, entre outros.

Neste ano, como as medidas de segurança não permitem comer no local, haverá um espaço para a compra de comidas para o visitante levar para consumir em casa.

Socol, salaminho, linguiças artesanais e outras comidas típicas capixabas serão vendidas na feira.

O artesão Domingos Teixeira, conhecido como Mestre Domingos, é expositor e estará na feira. Ele fabrica instrumentos musicais. “Esse período de pandemia foi muito difícil, então não podemos perder essa feira. Vai ser um grande sucesso e estou confiante”, contou Domingos.

Quem preferir, poderá comprar os itens vendidos na feira pela internet, no site artesanto.com.br, e retirar o produto no local, sem precisar sair do carro.

A presidente da Confederação dos Artesãos Brasileiros (Conart Brasil) e da Federação dos Artesãos do Espírito Santo (Feartes), Maria das Graças Reis Costa, comemora a volta da feira. “Estamos contando com o povo capixaba para prestigiar, como sempre ocorreu. Vamos levar o melhor do nosso artesanato para a feira”. O evento segue até o dia 14 de novembro.


SAIBA MAIS


A feira

  • a ArteSanto acontece de 6 a 14 de novembro, na Praça do Papa, em Vitória. A entrada é gratuita.
  • De segunda a sexta, o horário de funcionamento é das 16h às 22h. Aos sábados e domingos, é estendido: vai das 10h às 22h.
  • Para dar mais segurança às pessoas acima de 60 anos, idosos poderão entrar 30 minutos antes do horário de abertura.
  • Quem não se sentir seguro para ir à feira, pode comprar produtos pelo site artesanto.com.br, e buscar o item comprado sem sair do carro, no sistema drive-thru.
  • A expectativa é de receber cerca 27 mil visitantes ao longo dos nove dias de feira.
  • Cerca de 300 expositores vão participar da ArteSanto.
  • São mais de 5 mil tipos de produtos artesanais disponíveis para venda.
  • O espaço onde será realizada a feira possui 4 mil metros quadrados.

Regras

  • Colaboradores, expositores e visitantes terão de passar pela aferição de temperatura.
  • A feira vai contar com fluxo único de pessoas para evitar aglomeração.
  • Será obrigatório o uso de máscara por parte dos visitantes.
  • Os expositores, além da máscara, deverão utilizar protetor facial.
  • O ambiente será higienizado regularmente por uma equipe do evento.
  • pedais com álcool em gel serão disponibilizados ao longo dos corredores.
  • Haverá Pias para os visitantes lavarem as mãos.
  • O número permitido de pessoas, por vez, será de 800 visitantes.
  • Ao atingir 800 pessoas, outros visitantes entram.
  • O evento vai contar com um sistema de reconhecimento facial para controlar a quantidade de visitantes no local.
  • Por conta do protocolo de segurança em função da Covid-19, os alimentos vendidos não poderão ser consumidos no local. Os clientes poderão comprar e consumir em casa.

Fonte: Presidente do Espírito Santo Convention & Visitors Bureau, Alfonso Silva.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS