X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Estudantes do ES participam de programa turístico em Brasília

Programa já atendeu cerca de 500 estudantes de escolas públicas do DF

Agência Brasil | 15/07/2022 13:12 h

O programa Brasília, Capital do Turismo Cívico e Pedagógico foi constituído em março com o objetivo de permitir a estudantes da rede pública de ensino “assistirem aulas in loco de História do Brasil e de Brasília nos monumentos e sedes do poder”.
O programa Brasília, Capital do Turismo Cívico e Pedagógico foi constituído em março com o objetivo de permitir a estudantes da rede pública de ensino “assistirem aulas in loco de História do Brasil e de Brasília nos monumentos e sedes do poder”. |  Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil.
 

Estudantes de escolas do Espírito Santo estão em Brasília para participar do programa Brasília, Capital do Turismo Cívico e Pedagógico. É a primeira vez que estudantes de outras unidades federativas participam do programa, que já atendeu cerca de 500 estudantes de escolas públicas do Distrito Federal.

Os visitantes cursam os ensino médio e fundamental no Colégio Daniel Comboni, de Ecoporanga. Nesta sexta-feira (15) e no sábado (16) visitarão nove pontos turísticos. No primeiro dia, a visita abrange a Quadra Modelo 308, o Museu Nacional, a Catedral Metropolitana, a Praça dos Três Poderes, a Torre de TV e a Casa de Chá.

No dia 16, visitarão o Parque da Cidade, o Pontão do Lago Sul e a Ermida Dom Bosco. De acordo com o GDF, os estudante pagaram por conta própria a hospedagem, no valor de R$ 65, e a alimentação, R$ 15. O transporte foi oferecido pela escola.

O programa Brasília, Capital do Turismo Cívico e Pedagógico foi constituído em março com o objetivo de permitir a estudantes da rede pública de ensino “assistirem aulas in loco de História do Brasil e de Brasília nos monumentos e sedes do poder”.

A parceria, feita por meio de assinatura de Acordo de Cooperação Técnica, já atendeu, no primeiro semestre, estudantes de Brasília do Centro de Ensino Fundamental 306 Norte; do Centro de Ensino Fundamental 1 (Guará); do Centro de Ensino Fundamental São Paulo (São Sebastião); e da Escola Classe 502 (Samambaia).

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS