X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Estudantes de mais 63 escolas particulares voltam às salas de aula na 2ª

| 16/10/2020 15:31 h | Atualizado em 16/10/2020, 15:51

Após mais de sete meses sem atividades presenciais, em decorrência da pandemia da Covid-19, alunos de mais 63 escolas da rede particular de ensino voltam às aulas na próxima segunda-feira.

Sala de aula:  alunos estudam de forma presencial e também online de casa
Sala de aula: alunos estudam de forma presencial e também online de casa |  Foto: Divulgação
Essas instituições representam cerca de 30% das 210 escolas filiadas ao Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo (Sinepe) e que não haviam retornado suas tarefas no último dia 5.

O superintendente do Sinepe, Geraldo Diório, explica que as instituições optaram por não fazer o retorno de suas atividades na última segunda, como fizeram outras 147 escolas, devido às regulamentações necessárias que cada escola deveria atender junto ao protocolo de segurança do governo.

“Boa parte das escolas voltaram na segunda, mas essa outra parte, cerca de 30%, decidiu voltar no dia 19, até mesmo para afinar todos os requisitos necessários para a volta das atividades presenciais que estavam faltando. Além disso, tivemos os feriados nesta semana, então, essas instituições optaram por voltar na semana que vem”, explicou.

Assim como as escolas que já voltaram com suas atividades, o retorno dessas instituições ocorre também com revezamento entre os alunos e seguindo todo o protocolo de segurança, exigido pelo governo, como uso obrigatório de máscaras e distanciamento social.

Cada turma será dividida pela metade, fazendo um revezamento presencial a cada semana. Enquanto metade da turma estiver em sala de aula, a outra metade vai estudar em casa com atividades remotas.

“Todas as instituições foram orientadas sobre o protocolo e, inclusive, as redes que já voltaram com as atividades já estão sendo acompanhadas por fiscalizações. Essas que devem voltar na próxima semana também vão seguir as regras. O importante é que estamos todos prontos para receber os alunos no mais alto nível de segurança possível”, disse Diório.
 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS